16º Congresso ANTRAM

16º Congresso ANTRAM: “Mercados & Tendências” em foco

Gustavo Paulo Duarte - Logística e Transportes Hoje

É o tema do 16º Congresso ANTRAM, que espera trazer a Coimbra quase 400 empresários do setor dos transportes. Durante dois dias o debate vai recair sobre os desafios que as novas tendências e mercados levantam aos transportadores. Como diz Gustavo Paulo Duarte, Presidente da Direção Nacional da ANTRAM, “nesta edição queremos fomentar a reflexão crítica e sistematizada sobre como potenciar a atividade das empresas, de forma a torná-las mais resistentes e competitivas num mercado cada vez mais global e globalizante”.

O Centro de Congressos & Convento de S. Francisco, em Coimbra, acolhe nos próximos dias 11 e 12 de novembro o 16º Congresso da ANTRAM – Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias. Mais uma vez, a ANTRAM mantém a sua opção de apresentar alguma mobilidade no que toca à organização dos seus eventos anuais e, este ano, coube à Região Centro ser a anfitriã do 16º Congresso. A escolha de Coimbra deveu-se ao facto de estar atualmente bem apetrechada de um novo Centro de Congressos, pelo que a organização considerou que “seria a oportunidade para trazer à região e à cidade um evento de referência como é o congresso da ANTRAM”, explica Gustavo Paulo Duarte. No Convento de S. Francisco realiza-se o jantar de gala que encerrará o evento.

A organização espera superar neste 16º Congresso o número de participantes da edição anterior, que reuniu no Algarve 370 profissionais do setor dos transportes. “O objetivo dos congressos da ANTRAM será sempre chegar mais perto dos associados e trazer a debate temas de interesse relevante, não só para os empresários mas também para as diversas áreas operacionais das empresas”.

“A ANTRAM mantém a sua opção de apresentar alguma mobilidade no que toca à organização dos seus eventos anuais e, este ano, coube à Região Centro ser a anfitriã do 16º Congresso.”

Gustavo Paulo Duarte antevê que o 16º Congresso ANTRAM constitui por si só “uma oportunidade para partilhar boas práticas e abordagens inovadoras e diferenciadoras de empreendedorismo empresarial que têm vindo a ser implementadas em organizações de sucesso”. Para além disso, será “uma oportunidade única para refletir e para encontrar os melhores caminhos para o futuro”. Entre os momentos altos do evento está, na sua opinião, a presença do Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme D’Oliveira Martins. “Será um discurso certamente muito esperado pelos empresários e participantes deste evento”.

Melhorar competitividade

Com a escolha do tema desta edição – “Mercados & Tendências” – a ANTRAM quer lançar a debate as questões mais prementes que fazem parte do quotidiano das empresas de transporte rodoviário de mercadorias. “As empresas, independentemente da sua dimensão e atividade, estão cada vez mais confrontadas com ambientes altamente concorrenciais e mutáveis que obrigam a constante inovação e ajustamentos na eficiência e valor agregado para os clientes. É um complexo e desafiante cenário onde o mercado e as organizações requerem ferramentas para se manterem competitivos, atualizados e adequados às exigências”, explica Gustavo Paulo Duarte.

O 16º congresso vai refletir sobre como tornar as empresas de transporte rodoviário de mercadorias mais resistentes e competitivas. Para isso, propõe-se partilhar boas práticas e abordagens inovadoras e diferenciadoras de empreendedorismo empresarial.

O congresso abre as portas dia 11 de novembro, pelas 12 horas, com a abertura do espaço de Exposição Comercial e do Parque de Exposição de Veículos. Aqui vai estar presente toda a indústria de pesados, para apresentar as novas soluções de veículos, além de empresas especializadas em soluções para o setor dos transportes rodoviários. “Esta presença justifica-se porque temos sempre como objetivo trazer aos eventos da ANTRAM entidades e parceiros que possam aportar valor ao setor e à atividade transportadora”, diz o Presidente da Direção Nacional da ANTRAM.

Após o almoço, o congresso arranca com uma Sessão Solene presidida por Gustavo Paulo Duarte. É esperada a presença, sujeita a confirmação, de Manuel Machado, Presidente da Camara Municipal de Coimbra, e do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O congresso está organizado em três painéis temáticos, dedicados aos temas “Mercados e Tendências”, na tarde de dia 11, “Desafios do Setor & Mobilidade Sustentável”, na manhã de dia 12, e “Internacionalização – Política Europeia e Políticas Nacionais”, na tarde de dia 12. Conta ainda com uma Intervenção Especial, centrada no papel da motivação na construção de equipas de sucesso.

Oradores com grande experiência e currículo

 Em relação ao primeiro painel, dedicado ao tema global “Mercados e Tendências”, os participantes podem contar com o debate do contexto político e económico de Portugal. “Queremos debater o estado da nação no atual contexto governativo, as perspetivas para o défice de 2016 e as de crescimento económico, que políticas, a soberania nacional versus a realidade da União Europeia, etc.”, explica Gustavo Paulo Duarte.

Pretende-se um debate não exclusivamente político, mas uma reflexão abrangente, em que as vertentes económicas, sociais e culturais possam também ser analisadas. Nesse sentido, o painel foi estruturado para envolver vários participantes: uns com uma componente mais política e outros com uma perspetiva mais económica, financeira, empresarial e setorial. Em relação à perspetiva política, a escolha recaiu sobre participantes com grande experiência e currículo políticos e a ANTRAM pretende que este painel seja moderado por um jornalista mais ligado à vertente política, num modelo de debate / mesa redonda.

O segundo painel, sobre os “Desafios do Setor & Mobilidade Sustentável”, terá uma dupla perspetiva: por uma lado, abordar alguns dos temas que mais preocupam o setor, como as regras de acesso à atividade, a generalização do aumento dos pesos brutos dos veículos ou a falta de motoristas, e, por outro, refletir sobre a sustentabilidade dos TRM – Transportes Rodoviários de Mercadorias, nomeadamente tomando conhecimento de algumas boas práticas, ao alcance imediato das empresas.

“Entre os momentos altos do evento está, na sua opinião, a presença do Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme D’Oliveira Martins.”

No terceiro painel, onde se abordará a “Internacionalização – Política Europeia e Políticas Nacionais?”, o desafio será refletir sobre a União Europeia em contradição com as políticas de diversos Estados membros, geradoras de restrições e entraves à livre circulação (salários mínimos, portagens, descanso semanal, etc.).

 À data de fecho desta edição não estavam ainda confirmados os nomes dos oradores, mas Gustavo Paulo Duarte adiantou à Logística & Transportes Hoje que “no primeiro painel, que se reveste de uma abordagem económica e política, procuraremos ter dois ilustres políticos, oriundos dos principais partidos, um reputado economista e ainda um banqueiro. Nos painéis com temas mais técnicos contaremos com personalidades nacionais e estrangeiras com vasta experiência e know-how sobre os temas em análise”.