Logística

Greenyard Logistics Portugal comprada por fundo em MBO

Greenyard Logistics Portugal comprada por fundo em MBO

O Fundo Vallis Sustainable Investments II acaba de investir no setor da logística, com a aquisição da Greenyard Logistics Portugal. Em parceria com a equipa de gestão Vítor Figueiredo e Manuel Rodríguez, o fundo chegou a acordo com o grupo multinacional belga Greenyard para a aquisição de 100% do capital da empresa em Portugal. Trata-se de um management buyout (MBO), em que a Greenyard Logistics Portugal vai ser detida e gerida pela atual equipa de gestão, Vitor Figueiredo e Manuel Rodriguez, que mantêm, respetivamente, os seus atuais cargos, de Administrador e Responsável de Operações.

A Greenyard Logistics Portugal é uma das principais referências a atuar no sector da logística em temperatura controlada em Portugal, prestando serviços especializados de armazenagem, transporte e operações de valor acrescentado, em especial na área dos produtos alimentares perecíveis.

Criada em 2001, a Greenyard Logistics Portugal cresceu significativamente nos últimos anos, empregando, atualmente, mais de 280 colaboradores. A operação da Greenyard Logistics Portugal abrange duas plataformas logísticas multi-temperatura: uma em Riachos (a cerca de 100 Km de Lisboa), e uma segunda no Norte do País, onde se encontra atualmente a expandir a capacidade.

Com esta parceria entre o Fundo Vallis Sustainable Investments II e a equipa de gestão, a Greenyard Logistics Portugal tem como ambição “dar continuidade à estratégia de crescimento orgânico prosseguida no mercado nacional, afirmando-se cada vez mais como o parceiro por excelência no mercado de logística em temperatura controlada, oferecendo soluções logísticas integradas e flexíveis”.

“A nossa relação com Vitor Figueiredo e a sua equipa de gestão tem sido muito valiosa,” afirmou Hein Deprez, co-CEO da Greenyard. O responsável avança ainda que “as sinergias diminuíram ao mesmo tempo que a Greenyard se concentrou ainda mais no seu core business noutros países”. Assim, “vamos separar-nos”, deixando Deprez “um grande apreço pela nossa parceria, e acreditamos que Greenyard Logistics Portugal vai continuar a ser um key-player em Portugal, oferecendo soluções logísticas multi-cliente.”

Do lado da nova equipa de gestão, Vitor Figueiredo diz-se “confiantes que a independência e a flexibilidade vão permitir-nos continuar a satisfazer clientes atuais e futuros e encaramos o futuro da empresa com a máxima confiança.

Refira-se que a presente transação encontra-se, nos termos da lei, sujeita a apreciação pela Autoridade da Concorrência.