Transportes

Hyundai vai lançar 30 novos modelos nos próximos dois anos

Hyundai vai lançar 30 novos modelos nos próximos dois anos

A Hyundai revelou esta segunda-feira (17 de julho) os quatro pilares que impulsionarão o crescimento da marca nos próximos anos, indicando que, para o mercado europeu, tem planeado o lançamento de 30 novos modelos e derivados ao longo dos próximos dois anos. A marca pretende aumentar a sua presença nos segmentos mais importantes do mercado e tornar-se na “marca automóvel asiática número um” até 2021.

“Para nos tornarmos a marca automóvel asiática número um na Europa até 2021, definimos quatro pilares estratégicos, baseados nas necessidades e expectativas dos nossos clientes. O nosso objetivo é democratizar as novas tecnologias e facilitar a vida dos nossos clientes. Já somos a marca automóvel número um na Europa em termos de satisfação do cliente, tanto nas vendas como nos serviços de pós-venda, e estamos a avançar a grande velocidade. Ao expandirmos a nossa gama de produtos em conjunto com a digitalização e os nossos serviços inteligentes, iremos criar uma experiência completamente nova para o cliente e atrair novos grupos de consumidores”, sublinha Thomas Schmid, COO na Hyundai.

De acordo com a marca, os quatro pilares para a implementação da nova estratégia estão focados nos seus modelos ADN, na mobilidade futura, na gama de SUV’s e na performance e emoção.

No que diz respeito aos modelos ADN da marca, a Hyundai refere que continuarão a ser “fundamentais no sucesso da marca” na Europa. Os modelos i10, i20, i30 e i40 “são importantes fatores de vendas” e em 2016 representaram mais de 55% das vendas no mercado europeu.

“Atualmente, a Hyundai é o fabricante de automóveis com a gama de motorizações mais alargada do mercado. Para fortalecer esta posição de líder, tanto no segmento de eco-mobilidade como também na tecnologia de Fuel Cell, a marca vai lançar, até 2020, 14 novos modelos ecológicos (cinco híbridos, quatro plug-in híbridos, quatro elétricos e um veículo elétrico Fuel Cell)”, revela ainda a Hyundai.