Logística

Diretores de Logística acreditam numa cadeia de abastecimento focada na eficiência de custos

Diretores de Logística defendem uma cadeia de abastecimento focada na eficiência de custos

60% dos diretores da cadeia de abastecimento acreditam que, em 2020, a cadeia de abastecimento “terá uma função focada na eficiência de custos, e que será apenas uma função de apoio (68%)”.  A conclusão é do mais recente estudo da Accenture – ‘Drive Your Own Disruption: Is your supply chain in sleep mode? -, que indica que a maioria das empresas já reconhece o valor de uma cadeia de abastecimento digitalmente apta e capacitada por tecnologias como inteligência artificial (IA), blockchain, big data e analytics.

Contudo, segundo o estudo, “os Diretores de Logística não estão a incentivar os administradores das suas organizações a reinventar a função de gestão da cadeia de abastecimento e a transformá-la num motor de novos modelos de crescimento e de experiência dos clientes.”

Apenas 48% acredita que a cadeia de abastecimento “poderá ser uma fonte de diferenciação competitiva” ou que “poderá ser uma função potenciadora do crescimento das organizações” (53%), acrescentando valor ao negócio.

Mohammed Hajibashi, Managing Director da Accenture e Global Supply Chain Lead, defende que “os diretores responsáveis pela cadeia de abastecimento não deverão aceitar serem categorizados como uma função de suporte”.

“Na nova era digital, onde os clientes exigem rapidez e hiperpersonalização, os gestores necessitam de assegurar que a função da sua cadeia de abastecimento não é apenas um fator competitivo, mas também uma garantia de um crescimento sustentável das suas organizações. Uma adoção rápida e eficiente das novas tecnologias certas, que permita uma nova forma de trabalhar, em simultâneo com um maior envolvimento dos administradores com a cadeia de abastecimento, são a chave para um maior crescimento, através de novos modelos de negócio digitais, que proporcionam novas experiências ao cliente, desejadas pelos consumidores”, refere o documento.

O estudo da Accenture mostra ainda que, para 80% dos inquiridos, o Chief Information Officer ou o Chief Technology Officer – e não o CEO ou o CFO -, são stakeholders chave, mesmo considerando o grande peso que o CFO tem na tomada de decisões de investimento em tecnologias.