- Logistica e Transportes Hoje - http://www.logisticaetransporteshoje.com -

ID Logistics aumenta receitas em 10% no 3.º trimestre

As receitas da ID Logistics registaram, no terceiro trimestre de 2019, um crescimento de 9,7% face a igual período de 2018, passando de 355,9 milhões para 384,2 milhões de euros [1].

Esta performance é alicerçada pelas receitas obtidas nos mercados internacionais que cresceram 17,7% face ao terceiro trimestre de 2018, atingindo os 204,2 milhões de euros, contra os 179,3 milhões de há um ano. [2]

“A contribuição dos novos contratos iniciados em 2018 e em 2019, bem como o efeito do preço e do volume amplamente positivos, compensam a grande maioria dos ventos contrários à moeda e ao encerramento das atividades na África do Sul a partir de setembro de 2019”, diz a companhia em comunicado.

No mercado doméstico, o operador logístico revela uma evolução bem mais fraca, revelando os números que, em França o crescimento foi de 1,9% para 180 milhões de euros, ou seja, mais 3,4 milhões de euros que em período homólogo de 2018. A companhia refere que estes resultados foram impulsionados, principalmente, pelos novos contratos iniciados em 2018 e desde o início de 2019”.

No acumulado dos nove meses de 2019, a ID Logistics mantém o crescimento a dois dígitos, indicando uma evolução de 10,5% face aos primeiros três trimestres de 2018, totalizando receitas de 1,129 mil milhões de euros contra os 1,036 mil milhões de euros de há um ano.

Também aqui os mercados internacionais foram os grandes impulsionadores do crescimento, tendo aumentado 16,6% face aos primeiros nove meses de 2019, totalizando 599,7 milhões de euros, contra os 529,1 milhões de euros no final de setembro de 2018.

O mercado francês também registou aumentos para 529 milhões de euros, correspondendo a uma subida de 4,3% face ao mesmo período de 2018.

Eric Hémar, presidente e CEO da ID Logistics, refere que a expansão internacional, “especialmente na Holanda, Alemanha, Polónia, Roménia e Rússia, está a impulsionar o crescimento da nossa empresa”. O responsável máximo pela companhia refere ainda que “de acordo com o nosso modelo de negócio, o nosso desafio atual é controlar o custo dessas inúmeras start-ups e estabilizá-las rapidamente. Esses desenvolvimentos ajudar-nos-ão gradualmente a tornarmo-nos um fornecedor de serviços líder em cada um desses países e a colocar-nos em posição de oferecer soluções logísticas genuinamente pan-Europeias aos nossos clientes.”

De referir ainda que, muito do crescimento registado pela ID Logistics, se deve aos novos contratos, destacando a companhia os contratos conquistados em França (a Cora, retalhista francês escolheu a ID Logistics para gerir os seus fluxos de bens de consumo no leste da França a partir do seu armazém em Lurdes. A partir de 2020, o armazém de 37.000m² vai dar resposta a 44 hipermercados e contará com cerca de 100 funcionários; uma nova parceria com o Mapa Spontex, fabricantes de luvas e esponjas que abrirá, em Paris, um armazém de 12.000m² para gerir as atividades de co-embalamento e preparação de pedidos, para dar resposta a mais de 2 milhões de pedidos B2B e B2C).

Já a nível internacional, a ID Logistics estabeleceu, no Brasil, uma nova parceria com a Estée Lauder, a gigante de cosméticos, para gerir os seus produtos de maquilhagem, fragrâncias e produtos para os cabelos das marcas Estée Lauder, MAC, Jo Malone e Clinique

Na Polónia, a ID Logistics abrirá um centro de distribuição B2B e B2C em Teresin para gerir os produtos de cosmética, parafarmácia e FMCG do grupo israelita Super-Pharm’s.