Supply Chain

Relatório aponta vulnerabilidades no mercado alimentar global

Exportações nacionais continuam a crescer

A Chatham House publicou recentemente um relatório em que aponta um conjunto de pontos de vulnerabilidade que podem colocar em risco o mercado alimentar a nível global. Em causa estão questões como o clima, segurança, conflitos e instituições.

De acordo com a consultora os riscos apresentados resultam, sobretudo, de três tendências: a dependência de alguns destes pontos de vulnerabilidade, a ameaça das mudanças climáticas à disrupção e o desinvestimento crónico em infraestruturas.

Importa referir que, de acordo com o estudo, apesar de o Japão e a Coreia do Sul serem dos países mais ricos do mundo, são também os dois países mais expostos a estas vulnerabilidades que podem colocar em risco o mercado alimentar.

A Chatham House sugere que sejam implementadas medidas imediatas para mitigar estes riscos, nomeadamente a integração de análises a estas vulnerabilidades nos sistemas de gestão de riscos; investimento em infraestruturas; aumentar a previsibilidade do mercado global; e recolha de dados em tempo real das trocas comerciais no setor alimentar e da capacidade das infraestruturas. Conheça o relatório em detalhe aqui.