Supply Chain

Trabalhadores da distribuição marcam greve para os três dias antes do Natal

Trabalhadores do setor da distribuição marcam greve para os três antes do Natal

Os trabalhadores dos supermercados e dos hipermercados, das grandes superfícies especializadas, dos armazéns e logística do setor da distribuição marcaram uma greve para os três dias que antecedem o Natal.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (CESP), estão previstas várias ações para os três dias da paralisação, assim como piquetes de greve nos armazéns e nas lojas.

Os trabalhadores do setor da distribuição reivindicam um aumento dos salários de todos os trabalhadores, eliminação da tabela B (mais baixa e aplicada em todos os distritos à exceção de Lisboa, Porto e Setúbal) e progressão automática dos operadores de armazém até ao nível VIII (operador de armazém especializado).

No site do CESP pode ler-se que no dia 22 de dezembro estarão em greve os trabalhadores dos armazéns e logística da Jerónimo Martins /Pingo Doce; Sonae e Dia/Minipreço, estando marcada uma ação de protesto às 8h frente à sede da Sonae na Maia.

Os trabalhadores do Lidl (lojas, armazéns, escritórios) também vão parar dia 22 de dezembro, com concentração às 11h em frente à sede da empresa no Linhó. Nos dias 23 e 24 de dezembro, por sua vez, todo o setor da distribuição estará em greve.