Mobilidade

Carregamentos de veículos elétricos passam a ser pagos em novembro

Carregamentos de veículos elétricos passam a ser pagos em novembro

Os carregamentos rápidos de veículos elétricos na rede pública Mobi-E passam a ser pagos já no próximo dia 1 de novembro. A notícia foi avançada pelo secretário de Estado do Ambiente, José Gomes Mendes, durante a Lisbon Mobi Summit. A introdução de pagamentos na rede era uma reivindicação dos operadores destes postos de carregamento.

De acordo com o secretário de Estado do Ambiente, “vamos arrancar com os pagamentos dos carros elétricos na rede a partir de 1 de novembro. Teremos em meados de outubro um acordo com os operadores de pontos de carregamento.”

O Governo estabeleceu como meta que, “nos próximos 3 ou 4 anos”, exista já no país “um carregador rápido por cada 80 veículos e um carregador normal por cada 15 veículos”, assim como uma “rede de carregamento que esteja presente em qualquer área de serviço e que possa funcionar com diferentes operadores.”

No final do primeiro semestre do ano, existiam já na Europa cerca de 1 milhão de veículos elétricos, um número que resulta de um crescimento de 40% nas vendas de carros elétricos .