Transportes

Gás natural como futuro da mobilidade

Gás natural “é uma utopia” em relação ao objetivo de redução de emissões, diz ZERO

A GASNAM – Associação Ibérica de Gás Natural e Renovável para a Mobilidade -promove o uso do gás natural e renovável na mobilidade terrestre e marítima a nível ibérico, referindo que o Gás Natural deve ser considerado como “o combustível mais adequado na transição energética”.

De acordo com Victor Cardial, delegado da Gasnam em Portugal, “o Gás Natural está preparado para ser um combustível que vai acompanhar todo o percurso da transição energética desde a situação atual até à descarbonização total da economia”.

“O Gás Natural é um combustível com custos de utilização mais baratos do que os combustíveis convencionais e apresenta a mesma autonomia, facilidade de utilização, desempenho e tempo de abastecimento”; refere o responsável. Além disso, Victor Cardial salienta que “este combustível emite cerca de menos 20% de Co2 do que o Diesel e as emissões de NOx e de Partículas são muito inferiores contribuindo para a qualidade do ar na cidade”.

A associação pretende aumentar a visibilidade do Gás Natural na mobilidade nomeadamente, na urbana (passageiros/distribuição/serviços) e profissional (transporte de mercadorias); sensibilizar as autoridades para a necessidade de manter e desenvolver o sistema atual de incentivos à aquisição de viaturas a Gás Natural (particulares e empresas); discutir a situação ao nível de apoios, de infraestruturas e de competitividade de diversos sectores económicos no panorama do desenvolvimento do Gás Natural a nível ibérico (infraestruturas de abastecimento e de rede nos Portos; apoios às empresas e aos particulares; vantagens competitivas no sector do transporte de mercadorias) e sensibilizar as empresas de transportes e logística para as vantagens económicas e operacionais das viaturas a Gás Natural.