Transportes

Grupo PSA termina primeiro semestre com volume de negócios de 38,6 mil M€

Grupo PSA termina primeiro semestre com volume de negócios de 38,6 mil M€

O Grupo PSA encerrou o primeiro trimestre do ano com um volume de negócios de 38 600 milhões de euros, um crescimento de 40,1% face ao período homólogo. De acordo com o fabricante automóvel, o resultado líquido consolidado da companhia atingiu os 1 713 milhões de euros.

Carlos Tavares, Presidente da Direção do Grupo PSA sublinha que “o Grupo demonstra, desde 2014, a sua capacidade constante de melhorar a sua rentabilidade, a sua eficiência, bem como os seus volumes de vendas, apesar do contexto difícil. Os bons resultados que as equipas da Opel Vauxhall começam a gerar demonstram todo o potencial da nova Opel Vauxhall. A agilidade e a disciplina que as equipas colocam na execução das suas atividades são as nossas vantagens para alcançarmos os objetivos.”

O volume de negócios da divisão Automóvel PCD ascendeu a 22 149 milhões de euros, um aumento de 11,4% face a igual período de 2017. De acordo com a companhia, esta evolução resulta “da melhoria dos mix dos volumes e dos países (+5,4%), do mix de produto (+4,7%) e das vendas aos parceiros (+3,2%), que compensam os efeitos negativos das taxas de câmbio (-2,9%).” O volume de negócios da divisão Automóvel OV, por sua vez, atingiu os 9 946 milhões de euros.

Já na passada semana o Grupo PSA tinha divulgado as suas vendas do primeiro semestre, reportando um aumento de 38,1%, para um total de 2,18 milhões de veículos vendidos em todo o mundo.