Transportes

Grupo Renault vende 2,1 milhões de automóveis no primeiro semestre

Grupo Renault vende 2,1 milhões de automóveis no primeiro semestre

O Grupo Renault terminou o primeiro semestre do ano com cerca de 2,1 milhões de automóveis vendidos, um crescimento de 9,8% face ao período homólogo que, de acordo com a empresa, traduz “um recorde semestral”.

De acordo com o Grupo Renault, estes resultados permitiram à empresa atingir uma quota de mercado de 4,3%, com as marcas Renault e Dacia a atingirem novos recordes semestrais, com 1 378 583 e 378 095 automóveis vendidos, respetivamente.  As vendas da Lada, por sua vez, registaram um crescimento de 24% e as da Renault Samsung Motors uma quebra de 26,9%.

No mercado europeu, em particular, as vendas do Grupo registaram um aumento de 4,4% nos primeiros seis meses do ano, com um total de 1 070 718 automóveis vendidos.

As vendas da marca Renault registaram uma progressão de 1,1% e a quota de mercado atingiu os 8,1%. A marca Dacia obteve, na Europa, “um novo recorde de vendas” com 281 225 unidades (+14,6%) e uma quota de mercado de 2,9 % (+0,3%).

Nos mercados fora da Europa, as vendas do Grupo tiveram um crescimento de 16,4%, uma dinâmica impulsionada pelos desempenhos de mercados como as Américas (+18,1%), Ásia-Pacífico (+69,5%), e Eurásia (+15,1 %).

Para este ano, o Grupo Renault prevê um crescimento mundial nas vendas de 3% face a 2017 e de 1,5% para o mercado europeu.