Transportes

Transinsular reforça serviços para Cabo Verde

Transinsular reforça serviços para Cabo Verde

A Transinsular, empresa do Grupo ETE, inaugurou recentemente o serviço ‘Lince Class’, uma ligação marítima com Cabo Verde a partir de Portugal (Leixões/Lisboa) e Canárias (Las Palmas). De acordo com a empresa, este serviço é “a solução mais competitiva para a exportação de produtos oriundos de Portugal, Espanha, Norte da Europa e Mediterrâneo.”

Para além disso, a empresa passa a oferecer o serviço de cabotagem inter-ilhas, ‘Atobá’. Segundo a empresa, eta é uma solução que permite “escalar, a partir da Praia, o Mindelo, Sal e Boavista, ligando ainda estes portos aos mercados africanos de proximidade como a Guiné-Bissau e a Mauritânia.”

O ‘Lince Class’ será operado com o navio ‘Pocahontas’ (com a capacidade de 950 TEUs), com periodicidade quinzenal e datas fixas semanais, fazendo o percurso Lisboa/Praia em cinco dias para cargas de importação, e Mindelo/Leixões em cinco dias para cargas de exportação.

Para Luís Mira de Oliveira, administrador do Grupo ETE com o pelouro de Cabo Verde, “esta nova arquitetura de transporte marítimo oferecida pelo Grupo ETE, via o seu armador Transinsular, contribui para Cabo Verde se afirmar como o polo de desenvolvimento de transporte marítimo na África Ocidental e reforçar a crescente importância geoestratégica do arquipélago no Atlântico.”

Já o novo CEO da Transinsular, Claus Larner, defende que “este modelo garante ganhos adicionais de competitividade aos nossos clientes – rapidez, regularidade, dias fixos na semana que lhes otimiza o time to market em Cabo Verde, Guiné Bissau, Mauritânia e Canárias, e simultaneamente transformam Cabo Verde no Hub marítimo para a Africa Ocidental.”