Logística

UPS expande serviço de exportação direta de vinho

UPS expande serviço de exportação direta de vinho

A UPS anunciou esta semana que está a investir na sua capacidade de expedição de bebidas alcoólicas, vinho e cerveja para consumidores de todo o mundo, com o aumento dos destinos a partir da UE. Para além de destinos como China, Coreia do Sul e Japão, a UPS faz agora também a exportação direta de vinho a partir da União Europeia para países como Canadá, República Dominicana, Hong Kong, Índia, Macau, África do Sul, Suíça, Nova Zelândia, Filipinas, Singapura, Taiwan e Tailândia.

Para além disso, de acordo com a UPS, o novo serviço B2C junta-se agora ao serviço de transporte B2B, tanto paletizado como não paletizado, com cobertura global, com fornecimento de embalagens certificadas especificamente concebidas para o transporte de garrafas de vinho (até 12 garrafas por caixa para vinhos tranquilos e até seis garrafas para vinhos espumantes) para todos os destinos e que podem ser encomendadas através de call centers da UPS.

“A nossa prioridade é garantir que os nossos clientes, sejam eles consumidores, pequenos produtores ou gerentes de lojas da especialidade, possam receber o seu vinho onde e quando quiserem e com a certeza de que a expedição está garantida com a qualidade do serviço da UPS”, explica Nando Cesarone, presidente da UPS Europa.

De acordo com o estudo VINEXPO/IWSR Global Study 2015-2020, de 2017, a expectativa em relação às importações de vinho para China é de que cresçam cerca de 80% entre 2016 e 2020. “Esta realidade faz parte de um crescimento global esperado de quase 13% nas importações para toda a região Ásia-Pacífico. Com a Itália, a França e a Espanha a representarem 50% da produção global de vinhos, o aumento do consumo em mercados fora da Europa oferece uma oportunidade para um crescimento contínuo, já que o consumo de vinho tende a cair na Europa”, indica a UPS.