Logística

UPS e SF Holding anunciam joint venture

UPS - SF Holding - envios aéreos - Logística e Transportes Hoje

A UPS e a SF Holding, empresa que detém a SF Express, anunciaram a sua intenção de avançarem para uma joint venture para colaborar ao nível dos serviços de entrega internacional. A joint venture está, no entanto, sujeita a aprovação regulamentar.

De acordo com a UPS, esta parceria terá expressão apenas da China para os EUA, uma fase inicial, mas depois as empresas pretendem expandir para outros destinos. Através deste acordo, as empresas vão alavancar a complementaridade das suas redes, das suas carteiras de serviços, das suas tecnologias e das suas competências em logística.

“A UPS está entusiasmada com a criação de uma joint venture com a SF. Esta joint venture vem dar suporte aos produtos que proporcionam benefícios competitivos aos nossos clientes chineses que já estão a negociar ou que  procuram vir a fazê-lo no âmbito do comércio internacional”, refere Ross McCullough, presidente da UPS Ásia Pacífico. “Os nossos esforços conjuntos resultarão em novos produtos e serviços de logística para simplificar e acelerar o comércio transfronteiriço dos clientes B2B e B2C”.

De acordo com as empresas, o alinhamento das redes de distribuição de ambas “proporcionará aos clientes uma maior cobertura, opções de monitorização adicionais, maior capacidade e mais opções de tempo de trânsito e de serviço. Inicialmente a joint venture vai focar o seu apoio nestas ofertas de serviços conjuntas e altamente competitivas na faixa da China para os EUA, mas com planos de expansão para mercados no resto do mundo.”

“A China lidera mundialmente em termos de tamanho do mercado de e-commerce, crescimento, índices de penetração e na utilização de telemóveis no negócio. Com uma base de consumidores cada vez mais entendidos em internet e a crescer rapidamente, é imperativo que a SF e a UPS colaborem para revolucionar o setor de logística. Juntos, pretendemos trazer maiores vantagens competitivas aos nossos clientes na China, para ter sucesso em todo o mundo”, acrescenta Alan Wong, vice-presidente do grupo SF.