Quantcast
Operadores Logísticos

Comercialização da Plataforma Logística Lisboa Norte entra na sua “fase final”

Plataforma_Logistica_Lisboa_Norte

Com a necessidade de aproximação dos retalhistas aos grandes centros urbanos, os espaços logísticos têm sido crescentemente procurados. Neste sentido, até fruto de alguma pressão sobre o preço do arrendamento, fez surgir a necessidade de procura de novos espaços mais adaptados às necessidades tecnológicas atuais.

Assim, depois de ter anunciado em 2020 a comercialização do maior projeto logístico a ser desenvolvido em Portugal, situado em Castanheira do Ribatejo, a aproximadamente 25 km de Lisboa, a Savills, comercializadora deste empreendimento, propriedade da  MERLIN Properties, propriedade comercializada juntamente com a CBRE, em regime de parceria, está nesta altura a finalizar o processo.

“O processo está a entrar na sua fase final, já temos vários operadores interessados e a olhar para a plataforma. A promoção está a decorrer a bom ritmo, mas interessa reforçar que há 10 anos que não existia promoção imobiliária especulativa, ou seja, a risco”, começa por referir Pedro Figueiras, Associate Director Industrial & Logistics da empresa.

“As infraestruturas novas que se fizeram foram feitas pelos operadores e o stock disponível tornou-se obsoleto. Este é o primeiro projeto a vir no contexto de uma nova era e os operadores logísticos estão a olhar para ele como um vetor de crescimento”, acrescenta.

A PLLN, como anunciou, no passado, a Savills, em comunicado, é o maior empreendimento logístico a ser desenvolvido em Portugal e contará numa fase inicial com 45.000m2 de espaço logístico. A PLLN tem um acesso privilegiado direto à A1 e uma rápida ligação aos restantes eixos rodoviários, apresentando especificações técnicas modernizadas e condições ímpares.