Quantcast
Supply Chain

Danone e Generix Group implementam gestão remota com realidade virtual

Danone e Generix

A Generix Group, editor de soluções colaborativas SaaS para a Supply Chain, e a Danone Rússia desenvolveram em conjunto uma metodologia para a implementação de sistemas de gestão de armazém (WMS) à distância. Com recurso à tecnologia de realidade virtual, o projeto foi concluído no centro da Danone localizado em Lipetsk, na Rússia, o primeiro dos armazéns previstos para implementação da Danone Rússia.

Em comunicado, as empresas revelam que a parceria “começou em 2018 com a implementação de um WMS na modalidade SaaS (Software as a Service) no armazém em Samara”. “Para responder ao rápido crescimento do volume de produção, bem como à expansão da gama de produtos com diferentes necessidades de armazenamento”, foi decidido replicar o mesmo sistema em 15 centros adicionais distribuídos por toda a Rússia.

Core Models

Foram desenvolvidos três modelos funcionais (Core Models) para serem implementados dependendo do tipo de armazém: armazém de fábrica, centro de distribuição ou hub.

Cada Core Model envolve tanto a solução funcional através dos processos básicos de armazém (receção, envio de mercadorias, estratégias de picking, verificação de stocks), como as ferramentas para implementar as especificidades locais de cada armazém (tipologia de armazém, gestão de fluxos, tipos de equipamento e regras de movimento correspondentes, etc.).

Uma parte importante de cada modelo inclui a gestão de mudança de processos: elaboração de instruções para os novos processos de resolução automática de possíveis incidentes operacionais, preparação de um plano de informação e formação dos colaboradores, e uma proposta de um plano de apoio específico pela Generix Group.

“Graças à definição destes três Core Models, as equipas da Danone Rússia e da Generix Group Vostok conseguem arrancar em produção até cinco armazéns em simultâneo, separados por 4.700 km e com um intervalo entre arranques até duas semanas”, revelam as empresas.

Segundo a Danone e a Generix Group, a duração total da implementação dos sistemas é reduzida para 3-4 meses, em vez dos habituais 6-9 meses, entre outras vantagens.

O lançamento do primeiro armazém em Lipetsk coincidiu com um período de confinamento. Os principais utilizadores do WMS na Danone com acesso ao armazém e à produção durante este período receberam óculos de realidade virtual e formação avançada, teórico-prática, sobre as funcionalidades e os processos do sistema. Os óculos tornaram possível o trabalho remoto: “os técnicos da Generix Group conseguiram desta forma aceder ao que os funcionários da Danone visualizavam no local e, desta forma, colocar o armazém em produção, em linha com o cronograma do projeto originalmente adotado”, informam as empresas.