Revista digital

A imprevisibilidade como única certeza na DH Digital de abril

Capa_DH_483

No quarto mês do ano 2020, seria impossível produzir uma edição da DISTRIBUIÇÃO HOJE (DH) sem ter como tema central a pandemia de COVID-19 que nos atinge a todos.

Portugal vive à beira da prorrogação, por mais 15 dias, do Estado de Emergência devido à pandemia da COVID-19, levando-nos, assim, até ao dia 1 de maio de 2020. São dias de exceção os que vivemos, desde o início de março, com uma adaptação contínua à nova realidade e onde a imprevisibilidade é, de facto, a única certeza.

A Cláudia Pinto e a Ana Rita Costa foram para o terreno, digitalmente falando, claro, para saber junto de quem analisa, vive e trabalha no mundo do retalho, consultoria, comunicação, produção, ensino, publicidade esta nova realidade provocada pelo COVID-19.

O nosso universo não pode, nem deve girar à volta desta pandemia e outros temas são de importância, embora muitos não os sigam com a mesma preocupação ou interesse.

A comunicação em loja assume uma importância cada vez maior e são vários os estudos que indicam que a maioria das decisões de compra ocorre no ponto de venda, razão mais que suficiente para que as marcas invistam na loja. As empresas que oferecem este tipo de soluções não têm dúvidas de que uma boa localização para o produto e uma comunicação impactante continuam a ser importantes, mas na era da omnicanalidade há que apostar na digitalização.

Ainda no retalho, há muito que as praças de restauração dos centros comerciais se reinventaram e transformaram a experiência dos clientes. Comer, socializar, trabalhar, estudar e relaxar. Tudo é(era) possível nestes espaços multifuncionais em constante remodelação, onde a refeição é apenas um pormenor no meio de tanta oferta paralela.

Muitos foram os gestores de centros comerciais contactados para preverem o que será o futuro estes espaços. Mas poucos quiseram ou mesmo se atreveram a dar a sua opinião, fruto da tal imprevisibilidade e incerteza.

Na Produção, o packaging assume, cada vez mais, um papel preponderante para qualquer setor. Com o poder de influenciarem a decisão de compra, as embalagens representam uma importante ferramenta de comunicação com o consumidor no ponto de venda. Mas quais são, hoje, as características mais importantes numa embalagem? Falámos com vários players do setor e todos são unânimes: a sustentabilidade é o caminho.

Numa altura em que se fala constantemente em desemprego e instabilidade dos e nos negócios, a Danone garante, a nível global, os postos de trabalho e rendimentos para os próximos três meses. Este foi o ponto de partida da entrevista a Ludovic Reysset, country manager da Danone Portugal, que admite que “daqui para a frente, o consumidor irá cuidar-se mais, consumindo menos, mas de melhor qualidade e irá privilegiar muito a compra de bens online”.

A associação da Garden Gourmet, marca do universo Nestlé, ao Cookoo, um kitchen hub dedicado ao take away e home delivery, foi a razão para falarmos com Teresa Ferreira, brand manager de Garden Gourmet para o canal Horeca, e Pedro Sanches, partner e cofundador do Cookoo.

Para finalizar, a GfK faz um balanço do que foi o ano de 2019 no mercado de Bens Tecnológicos de Consumo (BTC) ao mesmo tempo que analisa as primeiras 13 semanas de 2020.

As opiniões pertencem a Raquel Galinha Roque (CRS Advogados) e Mara Martinho (Michael Page Retail)

Boas leituras!