Transportes

Amazon abre mais duas novas estações de logística em Espanha

amazon

A Amazon continua a expandir a sua rede de logística em Espanha e acaba de anunciar a abertura, no próximo mês de outono, de duas novas estações de logística nos municípios de Rubí (Barcelona) e Leganés (Madrid). O último, localizado no parque industrial sul da M-50, terá uma extensão total de 24.767 m2 e um estacionamento com capacidade para centenas de carrinhas de entrega. Esta estação de logística criará 100 empregos permanentes no primeiro ano e colaborará com seis empresas de entrega independentes que serão responsáveis pela distribuição final.

Por sua vez, a estação Rubí (Barcelona) ocupará 25.540 m2 na área industrial de Can Roses. Aqui, a Amazon trabalhará com nove empresas de entrega independentes para fornecer entregas rápidas. Durante o primeiro ano de atividade, a plataforma empregará cem trabalhadores e 300 motoristas, que serão contratados por empresas de entrega independentes que colaborarão com a Amazon e que recolherão os pacotes na estação de logística para entregá-los aos clientes na área de Barcelona.

O modelo de entrega da Amazon é baseado na colaboração com empresas de entrega independentes, responsáveis pela distribuição final dos pacotes recebidos e processados nas estações dos grandes centros de logística e distribuição da Amazon.

Essa rede logística começou em 2012 com o centro de logística em San Fernando de Henares (Madrid), um ano após o lançamento do amazon.es. Nos últimos sete anos, a empresa abriu quatro centros de logística localizados em El Prat (Barcelona), Martorelles (Barcelona), Castellbisbal (Barcelona), Illescas (Toledo) e anunciou recentemente a inauguração de mais dois centros em Dos Hermanas (Sevilha) e Alcalá de Henares (Madrid).

Além disso, a Amazon também possui dois centros de logística urbana em Madrid e Barcelona, que efetuam entregas ultrarápidas aos seus clientes Prime nessas cidades por meio do serviço Prime Now; além de dois centros de distribuição, localizados em Getafe (Madrid) e Barberá del Vallés (Barcelona), e catorze estações de logística localizadas em todo o país.