Quantcast
Logística

APLOG faz radiografia à logística em Portugal

transportes_logistica

A Associação Portuguesa de Logística (APLOG) e a KPMG Portugal estão a realizar aquele que será o maior e mais completo estudo de sempre sobre o setor logístico, no nosso país.

Num contexto pandémico onde este sector tomou proporções e dimensões muito importantes, em termos da procura, este estudo pretende ser “a referência no mercado onde a informação sobre o setor é escassa e desagregada”, refere a APLOG em nota de imprensa.

Com lançamento previsto para o final de janeiro de 2021, o estudo será uma radiografia ao estado do setor a nível nacional, respondendo a questões centrais deste como: Quem são os atores críticos no país? Como comparamos a realidade portuguesa com o benchmark internacional? Quais os grandes riscos e oportunidades para a logística nos próximos anos? Além disso, o estudo, também quer avaliar, objetivamente, a importância da logística para o desenvolvimento da economia nacional.

Raul Magalhães, presidente da direção da APLOG, explica que “este estudo vem trazer-nos uma visão global, agregadora e objetiva, cuja riqueza de conteúdos garante potenciar o conhecimento e assegurar melhorias do longo da cadeia” e que “constituirá um instrumento fundamental para novos investimentos, permitindo (re)definir estratégias, (re)pensar processos e (re)formular competências no contexto dos desafios atuais e futuros”.

Do lado da consultora, Fernando Mascarenhas, partner de Advisory Services da KPMG Portugal, sublinha que “a logística é cada vez mais a face visível (e por vezes a única face física) numa jornada de experiência de cliente, uma constatação que é verdade para muitas categorias e muitas empresas, e está apenas a ser acelerada num contexto de pandemia”.

A análise a efetuar pela APLOG e KPMG englobará todos os setores económicos do país, dando destaque ao Agroalimentar, Automóvel, Retalho & e-commerce, Pasta de papel, Têxtil e Vestuário e Calçado.

A metodologia utilizada para obter as melhores conclusões prevê uma abordagem em várias etapas, de forma a segmentar da melhor forma a informação e, assim, torná-la mais valiosa e útil para todos os stakeholders: (i) Perspetiva Geral; (ii) A Logística em Portugal; (iii) As análises à oferta e à procura; (iv) As perspetivas e os desafios para o futuro, num horizonte a dez anos.