Quantcast
Indústria

Continental renomeia pneus portuários

Continental_TerminalMaster_V

A Continental está a mudar a designação dos seus pneus para portos de StraddleMaster+ para TerminalMaster V.ply. Esta decisão surge acompanhada de um significativo aumento das aplicações recomendadas para esta gama de pneus. Até agora estes pneus eram especialmente concebidos para serem utilizados em equipamentos Straddle de contentores nos portos. Testes intensivos em laboratório e em ambiente real, deram origem a um conjunto de outras recomendações para utilização em aeroportos e para transporte de cargas pesadas na indústria. Com o TerminalMaster V.ply, todas as áreas de aplicação estão reunidas debaixo do mesmo chapéu.

Extensão de portfólio para utilizações específicas
Quer seja em portos, aeroportos ou na atividade industrial, os requisitos para os pneus são diversos. Velocidade, distância, carga, temperatura, condições do piso e muitos outros fatores caraterizam a sua aplicação e desafios. AGVs, tratores aeronáuticos e carregadores laterais têm muitas vezes que se deslocar em distâncias curtas a baixas velocidade. Estão frequentemente expostos a pesadas cargas no local. Os pneus TerminalMaster V.ply foram concebidos para proporcionar uma boa tração, mesmo em casos de travagem de emergência, Para além disso, o pneu caracteriza-se pelas paredes laterais reforçadas e a consequente durabilidade, que resultam numa redução de custos operacionais devido a menos tempos de paragem. Os ombros próximos garantem precisão da direção em quase todas as superfícies e em todas as condições meteorológicas. O inovador desenho do piso e a consequente baixa vibração tornam o TerminalMaster V.ply especialmente indicado para veículos sem condutor – oferece baixa resistência ao rolamento, permite precisão da direção e uma vida longa graças à tecnologia V.ply.

Estabilidade V.ply
Enquanto os pneus de camadas cruzadas são conhecidos pelas suas características de amortecimento e os pneus radiais pela sua capacidade de alta velocidade, a tecnologia V.ply reúne as vantagens das duas tecnologias integrando padrões de diferentes cordas em ângulos específicos. A carcaça de um pneu V.ply consiste em mais de 20 camadas de fibras diagonais incorporadas em três núcleos de arame. Já que os cabos de aço não permitem uma ligação ótima entre a carcaça e o invólucro de borracha, a tecnologia V.ply utiliza um polímero de alta resistência. Ao contrário dos pneus convencionais de camadas cruzadas, as camadas têxteis de cruzamento de um pneu V.ply estão dispostas em ângulos de 30 graus. Juntamente com as camadas laterais proporcionam uma maior rigidez dos pneus e permite um maior nível de estabilidade e durabilidade durante movimentos bruscos.

Mob Lab Congress 2020