Quantcast
Logística

DB Schenker investe em instalação automatizada de alta velocidade em Singapura

DB_Schenker_Singapura

A DB Schenker iniciou com sucesso a operação num hub regional líder mundial para a logística automatizada de alta velocidade. Representando 101 milhões de euros, o armazém “Red Lion”, em Singapura, é o maior investimento em qualquer local a nível mundial na história empresarial da Schenker. Estrategicamente localizado no Parque Logístico do Aeroporto de Singapura (ALPS) no Aeroporto de Changi, o local estabelece para os seus clientes um novo padrão na combinação dos mais avançados desenvolvimentos tecnológicos do mundo com os mais altos níveis de gestão sustentável de armazéns.

O “Red Lion” reforça a posição da Schenker em Singapura como o maior e mais avançado fornecedor de logística de terceiros no ALPS. Combinados, o centro de carga aérea mecanizado e o armazém logístico contratado estendem-se por 51.400 metros quadrados em cinco andares, o que corresponde a sete campos de futebol. Um Sistema de Gestão de Armazéns da próxima geração e uma plataforma TI sincronizada que liga as várias automatizações permite ao “Red Lion” aumentar a produtividade do armazém até 100% em comparação com os processos manuais, e reduzir o tempo de espera dos clientes em 40% em comparação com as instalações não integradas.

As cargas recebidas são processadas através de uma plataforma especial que aumenta a velocidade e facilita o manuseamento. Os elevadores de paletes deslocam então a carga para uma zona automatizada com equipamento para corredores estreitos (VNA) para otimizar a capacidade de armazenamento. Os sistemas de multiviagem e de armazenamento em cartão são complementados pelas tecnologias Goods-to-Person (GTP) e Pick-To-Light, sistemas de transporte, e Automated Guided Vehicles (AGVs).

O “Red Lion” é também o primeiro armazém a oferecer um sistema de etiquetagem robótica concebido internamente, que utiliza tecnologia de visão 3D e três braços robóticos para aplicar etiquetas em múltiplas línguas em produtos de tamanhos, formas e configurações variáveis.

Jochen Thewes, Chefe Executivo da DB Schenker, afirma que a “nosso novo centro logístico torna-nos ainda mais rápidos e mais fiáveis para os nossos clientes”.

Já David Christmas, Membro do Conselho de Logística de Contratos da APAC na DB Schenker, refere que “o novo armazém é uma instalação que bate recordes, repleta de inovações tecnológicas e digitais. Foi concebido para servir os clientes com requisitos de prazos de entrega curtos e elevado rendimento. A nossa robótica irá revolucionar a etiquetagem de produtos. Com as nossas novidades em automação, estamos a preparar o caminho para a nossa jornada contínua na logística de contratos em direção a uma cadeia de fornecimento totalmente digital.”

Além disso, o edifício reconhece o compromisso da Schenker em promover o desenvolvimento sustentável e a proteção ambiental. 1.440 painéis solares fotovoltaicos, juntamente com outras características de sustentabilidade, permitem uma poupança de energia de 34%. Assim, o “Red Lion” é certificado com o selo Green Mark Platinum pela Building and Construction Authority (BCA) em Singapura, bem como com o LEED Gold Standard.

Mob Lab Congress 2020