Quantcast
Logística

Mercados internacionais aumentam receitas da ID Logistics no 1.º semestre

ID Logistics adquire atividades da Jagged Peak

A ID Logistics registou, no primeiro semestre de 2020, uma evolução de 4,3% nas receitas face aos primeiros seis meses de 2019, totalizando 776,6 milhões de euros, contra os 744,5 milhões obtidos em período homólogo de 2019.

Para este resultado, a contribuição dos mercados internacionais foi fundamental, já que no período a operação externa cresceu 9,4% para 432,5 milhões de euros contra os 395,5 milhões obtidos em igual período de 2019. Já a operação doméstica viu as receitas caírem 1,4% face aos primeiros seis meses de 2019, para 344,1 milhões de euros.

No 2.º trimestre e já em plena covid-19, as receitas da ID Logistics registaram uma quebra de 0,6% face a período homólogo de 2019, para 384,1 milhões de euros, com a empresa a admitir que “resistiu bem à crise sanitária”.

Em França, a ID Logistics registou uma queda de 5,9% nas vendas no segundo trimestre de 2020, para 170,6 milhões de euros, revelando que “após as medidas de confinamento, a atividade em abril caiu 13,5% em relação ao ano passado”, com a queda a ser particularmente acentuada em maio (-7,3%), com a dinâmica das vendas a recuperar em junho (+3,2%).

As receitas internacionais do segundo trimestre de 2020, por sua vez, cresceram 4,1% para 213,5 milhões de euros. Após um mês estável em abril (-0,2%) e um mês ligeiramente mais dinâmico em maio (+1,6%), o crescimento acelerou acentuadamente em junho para +11%.

“Graças a um portfólio diversificado de clientes (40% na produção e distribuição de alimentos e 20% em e-commerce) e uma equilibrada distribuição geográfica, a ID Logistics conseguiu manter um bom nível de atividade, apesar da crise sanitária”, refere o grupo em comunicado. Além disso, até agora, a ID Logistics não sofreu nenhum atraso significativo no arranque de nenhuma plataforma logística, e o objetivo continua a ser o de abrir cerca de 15 novas plataformas ao longo do ano. Por fim, o grupo explica ainda que “continua a receber diversas solicitações principalmente no setor do e-commerce”.

Assim, a ID Logistics pretende “continuar o seu desenvolvimento no segundo semestre de 2020”, embora reconheça que, “com a imprevisibilidade da situação crise sanitária, o Grupo ainda não está em posição de avaliar o impacto da crise nas receitas gerais de 2020”.