Portos

Porto de Setúbal e Sesimbra implementa plano de resposta e prevenção ao COVID-19

Porto de Setúbal

A Administração do Porto de Setúbal e de Sesimbra (APSS), em estreita articulação com as autoridades competentes, ativou o seu Plano de Contingência para emergências de Saúde Pública, com o objetivo de ajudar a controlar a atual situação epidémica causada por COVID 19.

Face às medidas extraordinárias aprovadas em reunião de Conselho de Ministros para resposta à situação epidemiológica, a APSS acionou, com efeitos imediatos, o nível 2 do seu Plano de Contingência através da implementação de um plano de teletrabalho e de assistência à família dos seus colaboradores garantindo, no entanto, a operacionalidade da APSS e facultando, para o efeito, as ferramentas necessárias.

Assim, foi difundida simultaneamente, informação junto de todos os operadores portuários, agentes de navegação e demais stakeholders do Porto de Setúbal. Foram igualmente reforçadas as boas práticas comportamentais e de prevenção, incluindo a colocação e divulgação de cartazes em locais estratégicos na área portuária. Foram adquiridas máscaras suplementares de proteção filtrante máxima, que vêm reforçar a utilização dos fatos de proteção descartáveis, luvas e óculos. Foi também reforçada a disponibilização de desinfetante líquido para as mãos. O registo de assiduidade através do controlo biométrico foi suspenso, bem como o atendimento ao público na Tesouraria e postos de atendimento, as visitas escolares e de entidades aos Terminais Portuários e a realização de eventos.

A APSS compromete-se a “assegurar a globalidade dos seus serviços logísticos na sua plenitude”, mantendo-se em estreita ligação e contacto continuo com a Autoridade de Saúde local, restantes autoridades locais e operadores portuários, estando em condições para ativar, de imediato, quaisquer outras orientações técnicas de saúde pública que venham a ser emitidas pelas autoridades competentes, quer em termos genéricos quer em termos específicos para os portos.