Quantcast
Transportes

Porto de Sines reforça capacidade para a inspeção de contentores

Porto_Sines_contentores

O Porto de Sines reforçou a capacidade das várias autoridades para a realização das inspeções às mercadorias movimentadas em contentor, nomeadamente a verificação do cumprimento das condições fitossanitárias de produtos alimentares para consumo humano.

O investimento da Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS), no valor de cerca de um milhão de euros, compreendeu a duplicação da área útil do edifício de inspeções existente, para um total de 500 m2, e a duplicação do número de portas, de 3 para 6 portas/cais de inspeção, principalmente para utilização pela Autoridade Aduaneira e pela Autoridade de Sanidade Vegetal. Por outro lado, foi ainda construído um segundo armazém, com uma área de 1.000 m2, que permite reforçar a capacidade de inspeção simultânea de contentores refrigerados, no âmbito do controlo fitossanitário.

Associado a este investimento em infraestruturas físicas e no prosseguimento de uma política de digitalização, foi também reforçada a aposta na agilização e simplificação dos procedimentos de inspeção, através de soluções tecnológicas dedicadas, que se traduz no aumento significativo das condições de desembaraço administrativo para a inspeção dos contentores.

Enquanto fronteira externa da União Europeia, as diversas autoridades presentes no Porto de Sines, com interferência no processo de importação/exportação, têm de garantir o controlo e a fiscalização das cargas movimentadas, pelo que este reforço de capacidade constitui uma melhoria do serviço prestado aos clientes do porto e contribui para um despacho mais ágil das mercadorias.

Mob Lab Congress 2020