Quantcast
logística

STEF acelera ‘transição’ e introduz na sua frota quatro mega-camiões

STEF

O Grupo STEF anunciou nos últimos dias a incorporação na sua frota de quatro novos mega-camiões. A decisão está relacionada com a estratégia do grupo para reduzir a sua pegada carbónica.

Em comunicado, a empresa explica que esta é uma aposta que visa “maximizar a eficiência do serviço de logística e minimizar o impacto ambiental”, sendo que, perspetiva a empresa que estes novos veículos permitam “uma redução de 20% a 25% das emissões de gases com efeito de estufa (CO2) por tonelada transportada”.

 

Porém, apesar do impacto positivo direto para o ambiente, com a introdução destes mega-camiões a STEF pensa que irá também reduzir o consumo de gasóleo, numa proporção de 10 a 15% de energia por ton-km.

“A incorporação dos megatrucks é mais um reflexo das preocupações e dos compromissos ambientais da STEF. Pretendemos continuar a evoluir e apresentar soluções cada vez mais eficientes, energética e economicamente, e ambientalmente sustentáveis”, afirma Fabrice Carré, diretor geral da STEF Portugal. “Existem já estudos internacionais que apontam para savings de custos em torno a 20%. Seguindo estas pegadas de sucesso, a incorporação dos quatro megatrucks na STEF Portugal é um reflexo de uma iniciativa que irá trazer vantagens a nível do ambiente, da rentabilidade e do êxito futuro do nosso negócio e do dos nossos clientes”, acrescenta ainda.