- Logistica e Transportes Hoje - https://www.logisticaetransporteshoje.com -

STEF ultrapassa a barreira dos 100 milhões de resultado líquido

O grupo STEF ultrapassou, no exercício de 2019, a barreira dos 100 milhões de euros de resultados líquidos, correspondendo a uma subida de 6,2% face aos 94,4 milhões de euros obtidos em 2018. [1]

Em termos de receitas globais, o grupo registou um crescimento 5,7% para os 3,441 mil milhões de euros contra os 3,255 de há um ano. Já os resultados operacionais (EBIT) evoluíram 18,7% de 137,2 para 162,9 milhões de euros, sendo que a grande fatia pertence à operação doméstica (França), com 127,5 milhões de euros. A operação internacional, passou dos 24,6 para os 39,2 milhões de euros, ao contrário da atividade marítima que caiu dos 7,7 milhões de euros positivos de 2018, para os 6,2 milhões negativos no final de 2019.

No caso de Portugal, o grupo admite que “beneficiou de um contexto económico favorável e manteve a especialização das suas atividades no país” [2].

Depois do grupo ter, pela primeira vez, superado a barreiro dos 100 milhões de euros de resultado líquido, Stanislas Lemor, presidente e diretor-geral da STEF, refere que “o ano de 2019 permitiu-nos progredir em toda a nossa atividade, tanto em termos operacionais como em termos de compromisso empresarial e ambiental”.

Para 2020, no entanto, as reservas são enormes e Lemor admite que o ano seja abordado “com prudência devido à atual situação sanitária e económica”, embora admita que o grupo “continue confiante no seu modelo de negócios resiliente e equilibrado”.

Num mundo marcado por incertezas sanitárias COVID-19 e económicas devido ao COVID-19, o grupo “continua confiante no equilíbrio do seu modelo de negócios e prossegue as suas ações em prol de um crescimento responsável e duradouro”. O desafio para a sua atividade marítima será afirmar o seu papel no âmbito da delegação de serviço público 2021-2027 para a qual a empresa La Méridionale construiu um projeto industrial.