Transportes

UPS acelera eletrificação da frota com 10.000 novos veículos

UPS_veiculos_eletricos

A UPS anunciou, recentemente, que a sua empresa de venture capital, UPS Ventures, concluiu um investimento minoritário na Arrival, fabricante de plataformas de veículos elétricos (EV). Juntamente com o investimento na Arrival, e o consequente acesso prioritário aos veículos elétricos deste fabricante, a UPS também anunciou o compromisso de adquirir, à Arrival, 10.000 viaturas elétricas especificamente produzidos para a UPS.

A UPS irá colaborar com a Arrival para desenvolver uma ampla gama de veículos elétricos dotados de Sistemas Avançados de Assistência ao Condutor (ADAS). Esta tecnologia foi projetada para aumentar a eficiência operacional e de segurança, potenciando também os movimentos automatizados nos armazéns da UPS. A UPS começará a testar as funcionalidades do ADAS no final de 2020. As compras futuras de viaturas dependerão do sucesso dos testes efetuados com os veículos iniciais. Os preços de compra não serão divulgados.

Para Juan Perez, chief information and engineering officer da UPS, “à medida que se acentuam as tendências de crescimento populacional, de migração urbana e do comércio eletrónico, reconhecemos a necessidade de trabalhar com parceiros em todo o mundo para solucionar os desafios que o congestionamento das estradas e a poluição colocam aos nossos clientes e às comunidades que servimos. Os veículos elétricos constituem a pedra angular da nossa estratégia de transporte urbano sustentável. Assumir um papel ativo de investimento na Arrival permite que a UPS colabore no projeto e produção dos veículos elétricos de entregas mais avançados do mundo”.

Do lado de Carlton Rose, presidente da UPS Global Fleet Maintenance & Engineering, o investimento e parceria com a Arrival “está diretamente alinhado com a estratégia de transformação da UPS, liderada pela implementação de tecnologias de ponta”. E conclui que “estes são os furgões de entregas mais avançados do mundo, redefinindo os padrões da indústria dos veículos elétricos, conectados e inteligentes.”