Transportes

Ups atinge neutralidade carbónica em junho

Ups atinge neutralidade carbónica em junho

UPS (NYSE:UPS) anunciou que a empresa irá comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, a 5 de junho, atingindo a neutralidade carbónica do seu serviço de entregas nesse mesmo mês. O programa UPS carbon neutral contrabalança o impacto estimado das emissões de carbono de cada remessa, através da compra de compensações de carbono certificadas.

“Não há realmente melhor forma de honrar o Dia Mundial do Meio Ambiente do que promover ações benéficas para o planeta”, afirmou Suzanne Lindsay-Walker, responsável de sustentabilidade da UPS e vice-presidente para os assuntos ambientais. “A UPS espera criar mais consciencialização sobre a sua opção de transporte neutro em carbono, para que mais clientes possam também tirar proveito dela, ajudando assim a financiar programas de redução de carbono em larga escala e a reduzir o impacto ambiental do transporte de encomendas”.

Para participar neste programa, os remetentes pagam uma pequena taxa para compensar a pegada de carbono gerada pelo envio das suas encomendas. A UPS irá igualar essas compensações no mês de junho. Isto consiste, basicamente, na duplicação do impacto do remetente, permitindo que este remova potencialmente “carbono negativo” em junho.

A UPS iniciou o seu programa de neutralidade carbónica em 2010 e tem compensado mais de 60 milhões de encomendas anualmente, o que equivale a mais de 100 mil toneladas de carbono por ano. A UPS apoiou projetos em todo o mundo que incluem florestação, destruição de gases de aterro e tratamento de águas residuais. A opção neutra em carbono da UPS é certificada pela Société Générale de Surveillance (SGS), uma empresa de inspeção, teste e verificação. Além disso, o processo de compensação de carbono da UPS segue o CarbonNeutral Protocol da Natural Capital Partners.

A oferta de neutralidade carbónica é apenas uma das formas através das quais a empresa está a ajudar os remetentes a reduzirem o seu impacto no meio ambiente. Os clientes também podem escolher opções e soluções de entrega de última milha mais sustentáveis, projetadas para devoluções mais eficientes. Uma dessas opções consiste em direcionar os pacotes para os locais UPS Access Point, que procedem a entregas para diversos consumidores, evitando várias tentativas de entrega numa única residência. Os clientes também podem participar no Eco Responsible Packaging Program da UPS, ou a empresa pode efetuar uma análise do impacto de carbono das suas encomendas.

Além disso, os clientes beneficiam dos esforços de redução de carbono que a UPS coloca nas suas próprias operações. Durante a última década, a UPS investiu mais de mil milhões de dólares em combustíveis alternativos e veículos de tecnologia avançada, bem como em infraestruturas de suporte.

Atualmente, a empresa é o maior utilizador de gás natural renovável do setor dos transportes e possui uma frota especializada em combustíveis alternativos e tecnologia avançada, com mais de 10 300 veículos. Recentemente, a UPS anunciou planos para comprar mais de 6 000 camiões de gás natural até 2022. E, em janeiro, a UPS anunciou um investimento na empresa startup de tecnologia britânica Arrival, comprometendo-se a adquirir 10 000 dos seus veículos elétricos.

Assim, a UPS igualará automaticamente todas as compensações durante o mês de junho.