Transportes

Veleiro centenário embarca vinhos e azeites portugueses e ruma a Inglaterra

Veleiro centenário embarca vinhos e azeites portugueses e ruma a Inglaterra

A embarcação centenária De Gallant, movida sem recurso a combustíveis fósseis, realizou ontem, dia 15 de junho, no Porto de Leixões, uma operação de carregamento de mercadoria, realizada apenas por meios humanos, de forma verdadeiramente inédita e totalmente sustentável.

O veleiro proveniente de França, que faz apenas duas viagens por ano, foi carregado com vinhos premium de várias regiões demarcadas, azeite e outras iguarias nacionais, e rumou em direção a Bristol, em Inglaterra, onde vai descarregar os produtos portugueses.

“É absolutamente fascinante vermos um veleiro, embarcação que habitualmente transporta passageiros, a fazer a movimentação de carga. Em Leixões estávamos todos expectantes com este carregamento que, como não poderia deixar de ser, correu muitíssimo bem.”, refere a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

O veleiro escola De Gallant, datado de 1916, é movido pela força do vento, faz parte de uma iniciativa de zero carbono, e possui um motor que pode ser usado se necessário. O navio tem capacidade de transporte de algumas mercadorias até um máximo de seis mil quilogramas.

Além do propósito comercial, a embarcação participa, com regularidade, nas Tall Ships’ Races, o maior evento náutico da Europa, que tem como objetivo manter vivas as tradições dos grandes navios de vela.

O De Gallant é agenciado pela Empresa Portuguesa de Navegação (Navex) e esta operação foi executada pelo TCGL – Terminal de Carga Geral e de Granéis Sólidos de Leixões . A entidade promotora desta operação é a empresa Port O Bristol Cargo by Sail.