Quantcast
Transportes

Volodrone ‘levanta voo’ na Alemanha. Primeiro teste público foi sucesso

A DB Schenker, empresa de gestão e logística da cadeia de abastecimento, juntamente com a Volocopter, empresa de mobilidade aérea urbana (UAM), lançaram o primeiro voo público do ‘VoloDrone’, o drone elétrico de carga. O voo de ensaio ocorreu no âmbito do ITS World Congress 2021, na Alemanha.

O voo durou cerca de três minutos e descolou às 15:02 da estação de Hamburgo, tendo atingido uma altitude máxima de 22 metros. Para a simulação da entrega, o drone elétrico foi equipado com uma caixa de carga que se encontrava no sistema de aterragem.

 

Para iniciar o teste, as equipas de demonstração colocaram a carga útil do tamanho de uma europalete na caixa por baixo do VoloDrone e efetuaram uma descolagem suave. O drone transferiu então a carga útil para uma bicicleta de carga DB Schenker, aterrando em segurança. Assim que o pacote foi transferido com sucesso, a Cargo Bike entregou o pacote ao destino final.

“Este primeiro voo público do VoloDrone é um forte sinal da posição de liderança da Volocopter na indústria UAM. Somos a única empresa do setor a oferecer soluções para passageiros e mercadorias que voam a escala completa e de caráter público, em todo o mundo”, disse o CEO da Volocopter, Florian Reuter.

 

Já o Vice-Presidente de Inovação Global da DB Schenker, Erik Wirsing,  afirmou que, “através do voo do VoloDrone, conseguimos demonstrar publicamente a nossa colaboração bem sucedida e o progresso impressionante no roteiro de inovação e sustentabilidade da DB Schenker para uma logística mais limpa”.

A exposição de Hamburgo baseia-se na demonstração de controlo que os parceiros realizaram em julho deste ano em Estugarda. O VoloDrone é um drone totalmente elétrico, sem tripulação, concebido para transportar qualquer uma das seis dimensões de paletes da Organização Internacional de Normalização (ISO), com um paseo até 200 quilogramas e com um alcance de 40 quilómetros.

 

O primeiro voo do VoloDrone teve lugar em 2019. Desde então, têm sido realizados testes de voo regulares em vários aeródromos na Alemanha.