Atualidade

Miguel Serrão Santos é o novo ministro do Mar

Miguel Serrão Santos é o novo ministro do Mar

O ex-eurodeputado socialista Ricardo Serrão Santos é o novo ministro do Mar.

Professor universitário, cientista do mar e antigo diretor do Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores, foi eleito em maio como o melhor eurodeputado português, numa eleição feita entre os restantes representantes portugueses no Parlamento Europeu. Agora vai substituir Ana Paula Vitorino no Governo.

De Portalegre, o novo ministro do Mar integrou as comissões das Pescas e da Agricultura e do Desenvolvimento Rural no Parlamento Europeu.

Portos saem do Ministério do Mar e passam para as Infraestruturas
Com as alterações propostas pelo primeiro-ministro, os portos e respetivas administrações portuárias vão sair da tutela do Ministério do Mar e vão passar para o Ministério das Infraestruturas e da Habitação, a cargo de Pedro Nuno Santos, que transita do antigo Governo e mantém-se na pasta.

O primeiro-ministro, António Costa, apresentou esta terça-feira (15 de outubro) ao Presidente da República as suas propostas para o XXII Governo. O Executivo deverá contar com 14 ministros, cinco dos quais novos.

  • Primeiro-Ministro: António Costa
  • Ministro do Mar: Ricardo Serrão Santos
  • Ministro do Ambiente e da Ação Climática – João Pedro Matos Fernandes (antigo Ministro do Ambiente e da Transição Energética)
  • Ministro das Infraestruturas e da Habitação: Pedro Nuno Santos (na mesma função)
  • Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital: Pedro Siza Vieira (antigo Ministro Adjunto e da Economia)
  • Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros: Augusto Santos Silva (antigo Ministro dos Negócios Estrangeiros)
  • Ministra de Estado e da Presidência: Mariana Vieira da Silva (antiga Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa)
  • Ministro de Estado e das Finanças: Mário Centeno (antigo Ministro das Finanças)
  • Ministro da Defesa Nacional: João Gomes Cravinho (na mesma função)
  • Ministro da Administração Interna: Eduardo Cabrita (na mesma função)
  • Ministra da Justiça: Francisca Van Dunen (na mesma função)
  • Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública: Alexandra Leitão (antiga Secretária de Estado Adjunta e da Educação)
  • Ministro do Planeamento: Nelson Souza (na mesma função)
  • Ministra da Cultura: Graça Fonseca (na mesma função)
  • Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior: Manuel Heitor (na mesma função)
  • Ministro da Educação: Tiago Brandão Rodrigues (na mesma função)
  • Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social: Ana Mendes Godinho (antiga Secretária de Estado do Turismo)
  • Ministra da Saúde: Marta Temido (na mesma função)
  • Ministro do Ambiente e da Transição Energética)
  • Ministra da Coesão Territorial: Ana Abrunhosa
  • Ministra da Agricultura: Maria do Céu Albuquerque (antiga Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional)