2ª fase da Rede 7 em funcionamento

A Carris iniciou a segunda fase de renovação da Rede 7, no passado dia 5 de Janeiro, após a entrada em funcionamento do prolongamento da Linha Azul do Metropolitano de Lisboa e da inauguração das estações do Terreiro do Paço e de Santa Apolónia.

A Carris iniciou a segunda fase de renovação da Rede 7, no passado dia 5 de Janeiro, após a entrada em funcionamento do prolongamento da Linha Azul do Metropolitano de Lisboa e da inauguração das estações do Terreiro do Paço e de Santa Apolónia.

 

Nesta segunda fase, a empresa introduziu alterações em 14 carreiras, que segundo a Carris vão permitir «melhorar a articulação e a complementaridade do transporte de superfície da Carris com o Metropolitano no eixo central da Cidade», «melhorar a ligação entre os interfaces do Cais Sodré e do Terreiro do Paço com diversas áreas da cidade», «aumentar globalmente a frequência das carreiras, afectando os meios libertos, em resultado da redução da sobreposição com o Metropolitano a outras áreas da cidade não servidas por aquele modo, nomeadamente a área ocidental, melhorando nessas áreas a oferta de transporte público», «estabelecer uma nova ligação entre Santos, S. Bento, Lapa» e «manter a actual cobertura espacial da rede da Carris, bem como as alternativas de serviço à superfície nas áreas servidas por Metropolitano».

 

As inovações principais resultam na alteração de percurso de oito carreiras, no aumento de frequência de três destas e em mais cinco outras carreiras e na eliminação de uma carreira cujo percurso coincidia na sua totalidade com a rede do metro. Com esta reestruturação a Rede 7 passa a contar com mais sete carreiras que são identificadas com o algarismo 7.

 

À semelhança do que se verificou aquando da implementação da 1ª fase da Rede 7, que teve início em Setembro de 2006, a CARRIS lança uma campanha de comunicação, sob a assinatura “Rede 7 – Estamos onde precisa. + Próximo, + Fácil, + Rápido”, que incluiu a colocação de cartazes interiores e exteriores em toda a frota, a publicação da revista “Rede 7 – 2ª Fase”, com uma distribuição prevista de 300.000 exemplares e a publicação de anúncios na imprensa.

 

Carreiras abrangidas pelas alteraç