Sustentabilidade

Brambles recicla 18 600 toneladas de materiais de plástico em final de vida

Brambles considerada uma das empresas mais sustentáveis do mundo

A Brambles, empresa de soluções logísticas que detém marcas como a CHEP e a IFCO, publicou esta semana o seu Relatório de Sustentabilidade relativamente ao ano fiscal de 2018 que indica que, no período em análise, a companhia realocou 100% dos resíduos de plástico dos seus maiores locais geridos e 89% dos seus resíduos de madeira dos aterros.

“Temos 610 milhões de ativos em constante movimento em 60 países. No ano fiscal de 2018, a utilização das plataformas da CHEP e da IFCO pelos clientes evitou o abate de 1,7 milhões de árvores, poupou 2,6 milhões de toneladas métricas de emissões de CO2 e 1,4 milhões de toneladas métricas de resíduos sólidos”, revela a companhia.

No ano fiscal de 2018, 99,4% da madeira utilizada pela CHEP já era proveniente de fontes certificadas, com 66,1% do transporte a cumprir a certificação de Cadeia de Custódia. Para além disso, a empresa promoveu a reciclagem de 18 600 toneladas de materiais de plástico em final de vida, transformando-o, por exemplo, em novas caixas de plástico reutilizáveis da IFCO.

Juan Jose Freijo, responsável pela sustentabilidade global da Brambles, explica que “decidimos adotar um método mais integrado para partilhar a forma única como a Brambles cria valor para os clientes, para as nossas comunidades e para os nossos colaboradores. Por exemplo, podemos agora demonstrar aos investidores como o nosso modelo de negócio circular para partilhar e reutilizar mantém o mais elevado valor dos nossos produtos durante o máximo de tempo possível, ao mesmo tempo que permite a regeneração dos principais recursos de que dependemos e a reutilização destes materiais em fim de vida”.

Importa ainda referir que, em 2018, a Brambles entrou para o top três das empresas com melhor desempenho no Índice de Sustentabilidade Dow Jones (DJSI), na categoria de Serviços Comerciais e de Abastecimento.