- Logistica e Transportes Hoje - https://www.logisticaetransporteshoje.com -

Construção do TGV poderá contar com construtora Monte Adriano

A construtora Monte Adriano deverá entrar no consórcio liderado pela Mota-Engil no concurso para a construção da rede ferroviária de alta velocidade (TGV), afirmou hoje o presidente da empresa.

Alípio Monte, em declarações à agência Lusa, afirmou ter chegado a acordo com a construtora Mota-Engil relativamente à sua participação no consórcio, que deverá concorrer não apenas para o TGV mas também para o novo aeroporto de Lisboa.

O último valor dado pelo Governo para o custo total do projecto de alta velocidade para as duas ligações consideradas prioritárias (Lisboa-Porto e Lisboa-Madrid) foi de 6,5 milhões de euros.

O modelo de negócio da linha de alta velocidade, apresentado em Junho pela Rave-Rede de Alta Velocidade, prevê a existência de cinco concessões ferroviárias e uma concessão para sinalização. De acordo com este modelo, o Estado assegurará 36% do financiamento e os fundos comunitários 19%. Os investidores privados asseguram 45% do financimanto do projecto e terão 40 anos para rentabilizar o capital dispendido.

O concurso internacional para a primeira concessão, entre Poceirão e Caia, está previsto para o primeiro trimestre de 2008.