Quantcast
Supply Chain

CTT e Portugal Ventures fecham parceria para estimular inovação em Portugal

iStock

Os CTT preparam-se para assinar, durante o dia hoje (25 de novembro), um protocolo de colaboração para integração na Rede de Corporate Partners da Portugal Ventures, que conta já com 10 parceiros nacionais e internacionais, entre os quais o ISQ, a GALP, a SGS, a Amazon e a Glintt.

A Rede Corporate Partners tem como objetivo intensificar sinergias e oportunidades comerciais entre as empresas do portefólio da Portugal Ventures e empresas que sejam capazes de as apoiar no desenvolvimento de novos produtos, serviços e tecnologias, testes piloto, partilha de conhecimento e contactos, otimização de recursos e processos.

Em comunicado, os Correios de Portugal referem que “este protocolo será operacionalizado através do CTT 1520 Startup Program, o programa de interação com start-ups dos CTT, que desenvolve e apoia as start-ups nacionais e contribui para o desenvolvimento do ecossistema”.

“O programa de interação com startups visa abrir as portas dos CTT ao respetivo ecossistema, procurando projetos que se enquadrem no nosso negócio, potenciando áreas de colaboração conjunta e disponibilizando possíveis benefícios para as start-ups”, lê-se no mesmo comunicado.

Desde a sua criação, este programa já mapeou mais de 1 800 startups, contando atualmente com 31 projetos em curso: 15 em parcerias comercias, 16 em projetos de co-criação, para além da aquisição da startup Recibos Online.

Com esta parceria, os CTT e a Portugal Ventures irão promover “iniciativas de apoio ao empreendedorismo e ao crescimento de novos negócios, assim como irão desenvolver relações comerciais mais próximas com as empresas investidas pela Portugal Ventures, permitindo um crescimento mais integrado e sustentado do sistema empreendedor em Portugal”, asseguram as duas empresas.

Para João Sousa, administrador dos CTT, “esta parceria com a Portugal Ventures vem reforçar de forma muito positiva aquilo que já é o posicionamento dos CTT na área da inovação e do empreendedorismo”.

Por sua vez, o vice-presidente da Portugal Ventures, Rui Ferreira, realça que “apesar de ser um dos grupos empresariais mais antigo em Portugal [CTT], está consciente de que a inovação é a chave do sucesso”. Por isso, afirma, “estamos certos de que contribuirão para o crescimento e valorização das empresas do portefólio da Portugal Ventures, assim como as nossas empresas contribuirão para o percurso de inovação dos CTT”.