Logística

Dachser vai usar apenas equipamentos com baterias de iões de lítio

Dachser vai usar apenas equipamentos com baterias de iões de lítio

Até 2022, a Dachser pretende substituir, na Europa, cerca de 6 mil equipamentos de movimentação de mercadorias por veículos movidos a baterias de iões de lítio. De acordo com a empresa, para além de durarem “três vezes mais” do que a baterias tradicionais, estas baterias “têm tempos de carga muito mais rápidos”.

“A solução permitirá eliminar, paralelamente, a necessidade de salas especiais, reservadas para o carregamento de baterias. Esta alteração é, também, uma excelente notícia no que toca à sustentabilidade ambiental, uma vez que as baterias de lítio são capazes de economizar energia e, por isso, poderão representar uma redução nas emissões de CO2 de aproximadamente 1600 quilos, por veículo, a cada ano”, defende ainda a Dachser.

De acordo com Michael Schilling, COO de Road Logistics da Dachser, “a empresa investe continuamente em instalações e equipamentos de ponta, aprimorando a qualidade dos seus serviços. Este projeto de modernização é um excelente exemplo de como o lucro e a sustentabilidade podem andar de mãos dadas, produzindo benefícios para os clientes.”

A Dachser pretende, assim, converter, até 2022, todas as suas filiais de transporte terrestre na Europa para esta nova tecnologia. A tecnologia de iões de lítio já foi introduzida nas filiais de Radeburg e Erlensee, na Alemanha. Segue-se, agora, a construção e expansão das instalações em Friburgo e Munique, projetos que irão contemplar, também, a infraestrutura elétrica necessária.

Na Península Ibérica, segundo a empresa, 5% dos equipamentos foi já substituído, nomeadamente nas filiais de Alicante e Valência.