- Logistica e Transportes Hoje - https://www.logisticaetransporteshoje.com -

DB Schenker investe 6 milhões e lança novos serviços em Portugal

A DB Schenker, maior fornecedor de logística global do mundo de origem alemã, com presença em 130 países e há mais de meio século a operar em Portugal, anunciou, recentemente, em conferência de imprensa, um investimento de seis milhões de euros a realizar nos próximos dois anos, em Portugal.

Este investimento insere-se no âmbito da Logística Contratual e deverá ser efetuado em Lisboa e Porto.

Além deste investimento, a DB Schenker prevê crescer na zona centro do país, devido à grande procura dos seus produtos e serviços, na área de transporte terrestre. Embora se encontre ainda a avaliar localizações e tipo de equipamento, o valor ascenderá a cerca de um milhão de euros, de modo a responder às necessidades dos clientes e, em simultâneo, acompanhar o crescimento do mercado em que se insere.

DB Schenker investe 6 milhões e lança novos serviços em Portugal [1]

Luís Marques, managing director da DB Schenker em Portugal
foto: Jordi Play

Luís Marques, managing director da DB Schenker em Portugal, não quis avançar com a localização concreta, mas adiantou que “queremos instalar-nos onde ainda não temos uma presença marcante”, admitindo que, embora o objetivo seja a zona centro de Portugal, “Coimbra e Vila do Conde poderão ser locais que merecem maior atenção”, concluindo que a escolha será feita rapidamente.

Já Juan Carlos Moro, CEO Iberia da DB Schenker, aproveitou a presença em Portugal para reforçar a aposta do operador no nosso país, focando que “as soluções integradas são essenciais para marcar presença no mercado e assumir um serviço total”.

Todo o investimento anunciado prevê, também, um aumento entre 10 a 20% no pessoal que, atualmente, contabiliza 320 trabalhadores.

Serviço Connect
Além do anúncio destes investimentos em Portugal, a DB Schenker está a lançar a nova plataforma digital de reservas para serviços de transporte doméstico e internacional, designada por Connect 4 Land [2], plataforma essa que, podendo ser acedida através de computador, smartphone ou tablet, a qualquer hora ou dia da semana, com apenas alguns cliques, é ideal para remessas individuais de até 2 500 Kg, oferecendo aos clientes informações sobre preços, agendamento e rastreamento da mercadoria em tempo real. Além disso, o cliente pode também escolher a combinação preço/tempo de trânsito que mais se adequa às suas necessidades [3].

Ainda no sentido de responder às necessidades dos clientes de outras divisões de transporte e, aliando isto à filosofia digital da empresa, a DB Schenker lançará, em breve, as plataformas Connect 4 Ocean e Connect 4 Air – plataformas de reservas online para transportes marítimos e aéreos.

Relativamente a esta nova plataforma, o responsável ibérico admitiu que “queremos posicionar todos os serviços de forma mais simples, ou seja, num click”.

Serviço Direct
Adicionalmente, a DB Schenker apresentou, também, o serviço Direct de transporte terrestre de mercadorias, com as opções Full Truck Load (FTL- mais de 55 m3) e Less Than Truckload (LTL- menos de 55 m3).

DB Schenker investe 6 milhões e lança novos serviços em Portugal [4]

Juan Carlos Moro, CEO Iberia da DB Schenker
foto: Jordi Play

“Com estas novas opções, a DB Schenker é responsável pela entrega direta da mercadoria, independentemente do seu tamanho, oferecendo disponibilidade de espaço de carga por ter a sua própria frota”, adianta Luís Marques.

Lançadas no primeiro dia de abril, constituindo Portugal o primeiro país, juntamente com Espanha, a disponibilizar este serviço a seguir à Alemanha, as novas opções Direct permitem ao cliente beneficiar de “maior velocidade, segurança e precisão de planeamento para as suas remessas”, adiantou Marques.

O serviço tem dias fixos para recolha e entrega, ambas com pré-aviso, com o processo de reserva a ser totalmente digital através da plataforma eSchenker, acessível 24 horas/ 7 dias por semana, informando a companhia que o serviço está disponível em toda a Europa, permitindo ao cliente o acompanhamento do trajeto das suas mercadorias, via plataforma digital, em tempo real.

“Glocal”
Adotando uma velha máxima de que é preciso ter “conhecimento local, mas presença global”, Juan Carlos Moro admitiu que “é importante antecipar as necessidades. A nossa vantagem é o facto de sermos, efetivamente, globais. Operamos em todos os meios de transporte”.

Reconhecendo que o mercado se encaminha cada vez mais para o B2C, Moro reforçou o facto de que o Frete Direct é “um serviço adaptável a vários clientes, sejam eles regulares ou não”.

Aeroporto e Brexit
Relativamente ao novo aeroporto de Lisboa, Luís Marques admitiu que “pode ser um possível fator de dimensão e crescimento para alguns operadores”, reforçando Moro que Lisboa pode ser um “verdadeiro hub para África e Brasil, tal como Madrid o é para a América Latina”.

Já quanto ao Brexit, os dois responsáveis da DB Schenker referiram que “seja qual for decisão, o que faremos é facilitar”. Luís Marques salientou que “estamos preparados para todos os cenários”, admitindo Juan Carlos Moro que “trata-se de uma complexidade, mas somos obrigados a adaptar-nos. O cliente não quer saber se há Hard Brexit ou Soft Brexit. Quer o serviço feito e nós cá estaremos para fazê-lo”, concluindo, contudo, que “não há dúvidas que, seja qual for a decisão, é um travão à economia global”.