Logística

Espanha e Marrocos responsáveis por 15,6 M€ no negócio da Garland

Dois anos e meio depois da internacionalização, 14% da faturação da Garland já provém de mercados estrangeiros. De acordo com a companhia, em 2016 a sua faturação atingiu um total de 112 milhões de euros, 15,6 milhões dos quais foram contributo dos mercados espanhol e marroquino, onde a empresa opera.

Peter Dawson, Presidente do Conselho de Administração do Grupo Garland, explica que “em comparação com muitas outras empresas, iniciámos tarde o nosso processo de internacionalização, porque a nossa prioridade era o mercado nacional, que exigia todos os nossos recursos. Optámos, por isso, por mercados que nos são próximos e que conhecemos melhor, mas que nos dão uma dimensão ibérica, com extensão ao norte de África. Consideramos que temos um projeto internacional consolidado e com grande potencial de crescimento.”

A operação da Garland no mercado marroquino, por sua vez, rendeu uma faturação de 1 milhão de euros. “Tratou-se de um investimento fundamental na estratégia de internacionalização do grupo. Marrocos é um mercado vizinho com 33 milhões de habitantes, estabilidade e com potencial de crescimento no futuro próximo”, acrescenta Peter Dawson. O balanço das operações no Norte de África é, de acordo com o responsável “excelente”. “Desde que a empresa arrancou que estamos a verificar um crescimento sustentado, com um leque de clientes, também ele, em crescendo”.