Logitrans Summit

Formação, Tecnologia e Cadeia de Abastecimento: segundo dia do Logitrans olha para os desafios do setor

portos

Depois de um primeiro dia repleto de intervenções e oradores de peso, o segundo dia do Logitrans Summit (8 de junho) colocará em destaque alguns dos maiores desafios do setor da logística e dos transportes na atualidade: a formação e desenvolvimento, a produtividade, as novas tecnologias e a eficiência da cadeia de abastecimento.

A manhã abre com uma mesa redonda cujo mote é ‘Ultrapassar os desafios de um negócio e definir uma estratégia de melhoria contínua significa apostar no desenvolvimento das competências dos colaboradores, na liderança e no engagement’.

A Tiago Sanchez, do Kaizen Institute juntar-se-ão para esta discussão Nuno França, Diretor de Logística da Revigrés, Arlindo Soares, Diretor do Serviço de Aquisições e Logística do Instituto Português de Oncologia do Porto e José Pedro Ribeiro, Supply Chain & IT Director da Fromageries Bel Portugal.

A manhã está reservada também para o debate da ‘Intralogística: agilização de processos e melhoria de produtividade’, com Raquel Passos Miranda, Divisional Continuous Improvement Manager – Packaging Division da Colep, que apresentará um ‘Modelo de Melhoria Contínua – Paixão pela Excelência!’, e do tema ‘Redimensionar e Dinamizar o Armazém para uma Eficaz, Eficiente e Segura movimentação e gestão de Stocks’, com Marco Castanheira, Logistic Warehouse Manager da PPG-Dyrup.

Contudo, a manhã do segundo dia não encerra sem a discussão de dois case studies: ‘The Supply Chain in the Food Industry: the case of baby food’, com Sofia Raquel, Supply Chain Director da Cerealto Portugal, e ‘Satisfação do cliente: A reorganização do armazém para melhorar as movimentações e facilitar a gestão dos stocks e contribuir para uma melhor serviço ao cliente’, com Leandro Fernandes, Key Account da VRC, e Víctor Juárez, CEO da Mi Tienda de Arte.