Logística

GEFCO China prevê aumento do volume de negócios em 40% até 2021

GEFCO China prevê aumento do volume de negócios em 40% até 2021

A GEFCO China, com as suas joint ventures Dongfeng GEFCO e SMGL (Shenzhen Minsheng GEFCO Logistics), preveem aumentar o volume de negócios da empresa naquele mercado em cerca de 40% até 2021. Numa nota enviada às redações, a empresa revela que antecipa “um aumento da procura pela nova geração de logística automóvel e por novas oportunidades de desenvolvimento, resultantes da iniciativa Belt & Road.”

A GEFCO celebrou recentemente dez anos de presença no mercado chinês, onde emprega atualmente cerca de 1300 pessoas em 15 cidades diferentes.

“A GEFCO China desempenha um papel fundamental na rede transporte de carga da GEFCO, que opera com um volume crescente de serviços de entregas Belt & Road. Para tal, o Grupo criou uma nova filial em Chongqing, especializada na importação e exportação de veículos, por via férrea, entre a Europa, a Rússia e a China, desenvolvendo todas as atividades de logística da GEFCO nesta região central da China”, diz a GEFCO, referindo que em janeiro deste ano a rede de entregas de carga da GEFCO operacionalizou a gestão de uma entrega marítima, da China para a Ucrânia, para a Scatec & Risen Energy Company.