Conferência Logística & Transportes Hoje

Grandvision vai continuar a apostar nas lojas de rua

A distribuição urbana foi o tema de fundo da conversa entre Filipe Gil, chief in editor da revista Logística & Transportes Hoje, e João Neves, responsável pela supply chain do Grupo Grandvision. O retalhista especializado na área ótica, cuja insígnia mais conhecida é a MultiOpticas, tem hoje 114 lojas em Portugal, próprias e franchisadas, a maioria das quais em centros urbanos.

João Neves começou por partilhar que encontrou no retalho ótico uma realidade “algo conservadora e muito pouco focada na eficiência”, o que não esperava, visto ser uma área ligada à moda e à saúde. Esta perceção não se cinge à realidade encontrada no Grupo Grandvision, mas ao setor ótico nacional e internacional. É um mundo onde a inovação está mais associada ao produto e aos equipamentos de diagnóstico e menos à eficiência dos processos da cadeia de abastecimento, explicou João Neves. A Grandvision está a tentar mudar esta realidade, integrando processos de gestão de categoria e de ligação ao ponto de venda. Ainda pouco explorados estão os canais online e o omnicanal.

Na distribuição urbana, o grupo conta com o apoio de um operador logístico, que assegura inclusive as entregas às Ilhas. Este apoio ajuda a minimizar os vários problemas associados à distribuição nos centros urbanos. João Neves reiterou que as obras em Lisboa não tiveram em conta a funcionalidade da distribuição urbana e criticou o facto de as câmaras municipais não terem nos seus quadros especialistas na área que ajudem ao planeamento. Ainda assim, o Grupo Grandvision vai manter o foco nos centros urbanos.