Investimento privado em plataformas logísticas ascende €1.400 milhões

A Secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, afirmou durante uma audição, que o investimento privado previsto para o plano Portugal Logístico já ascende a 1.400 milhões de euros.

«Actualmente, já temos 1.400 milhões de euros de previsão para o investimento privado» no Portugal Logístico, disse Ana Paula Vitorino, durante uma audição na Comissão Parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Comunicações, explicando que o investimento total previsto para este projecto é de 1.600 milhões de euros.


De acordo com a governante, este aumento do interesse dos investidores privados justifica-se pelo facto de ser «um negócio apetecível para os privados».


O plano governamental Portugal Logístico, que prevê a construção de 11 plataformas logísticas até 2013, inclui duas plataformas urbanas (Maia/Trofa e Poceirão), quatro portuárias (Leixões, Aveiro, Lisboa e Sines), quatro transfronteiriças (Valença, Chaves, Guarda e Elvas/Caia) e uma regional (Tunes).


Estas estruturas, depois de concluídas, deverão garantir a criação de «cinco mil postos de trabalho, três vezes mais que o inicialmente previsto”, cobrindo 93% da economia e da população portuguesa.


As 11 plataformas logísticas ficarão interligadas através da Janela Única Logística, que integrará os serviços alfandegários e de apoio à importação/exportação.

rc=http://w