Portos

Leixões com melhor performance de sempre na carga contentorizada

Leixões com melhor performance de sempre no transporte de carga contentorizada

Em 2018, o Porto de Leixões registou a melhor performance de sempre no transporte de carga contentorizada, movimentando mais de 6,6 milhões de toneladas de mercadoria.

Estes valores representam um aumento de 8% face ao ano anterior e um novo máximo histórico que ultrapassa, em 286 mil toneladas, o recorde alcançado em 2016.Também o segmento Roll-On/Roll-Off (carga que embarca e desembarca em cima de rodas) atingiu valores “recorde”. Com um aumento de 9% face ao ano de 2017 e totalizando 1,15 milhões de toneladas, este foi já o segundo ano consecutivo que se superou a barreira de um milhão de toneladas, fazendo do Porto de Leixões líder nacional deste segmento.

“O crescimento da carga contentorizada e do tráfego Roll-On/Roll-Off em Leixões é resultado direto do esforço que o nosso porto tem vindo a desenvolver junto de diferentes companhias, que confiaram e apostam em nós com novas escalas, novas rotas e novos navios”, salienta a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

No movimento de granéis sólidos, o maior porto nortenho assinalou também um acréscimo de 9%. Por outro lado, devido à manutenção das refinarias nacionais, em particular na de Matosinhos, o movimento de granéis líquidos apresenta uma quebra de 12%.

Relativamente às principais mercadorias exportadas em 2018, destacam-se a carga contentorizada, os produtos refinados diversos e o ferro/aço. No que diz respeito às principais mercadorias importadas naquele que é o porto mais preponderante do norte do país, salientam-se o petróleo em bruto, a estilha de madeira e ainda a sucata de ferro.