Portos

Leixões registou o melhor quadrimestre de sempre na movimentação de carga

Leixões registou o melhor quadrimestre de sempre na movimentação de carga

Entre janeiro e abril deste ano, o Porto de Leixões movimentou mais de 6,6 milhões de toneladas de mercadoria, numa variação homóloga de 5%, o que representa o melhor registo de sempre em período homólogo.

Em termos gerais, os movimentos acumulados de janeiro a abril de 2019, por comparação aos períodos homólogos, são máximos, entre outros, no total de carga, na carga contentorizada e na carga ro-ro, em contentores, quer em número, quer em TEUs, na GT (Gross Tonnage, que significa “arqueação bruta”) total e, também, no número de passageiros. Os valores de número de navios e de GT relativos a navios de cruzeiro foram também os mais elevados de sempre.

De facto, face ao mesmo período do ano anterior, Leixões cresceu a dois dígitos na maioria dos segmentos: 14% na carga geral; 18% na carga fracionada; 12% na carga contentorizada e 19% na carga Roll-On/Roll-Off (mercadoria que embarca e desembarca em cima de rodas). Por sua vez, também os contentores tiveram um crescimento assinalável, quer em número (14%), quer em TEUs (13%).

Quanto ao número de navios que circularam em Leixões nestes primeiros quatro meses do ano, os valores são notáveis, registando-se o maior crescimento de sempre (13%) em GT, o que revela a dimensão e capacidade cada vez maior dos navios que entram e saem de Leixões.

Também no que concerne a passageiros o Porto de Leixões pontuou de forma absolutamente positiva, registando um crescimento de 22%. Do total dos 23.854 turistas que entraram na região através desta infraestrutura portuária, a grande maioria é do Reino Unido (35%), Alemanha (34%) e Estados Unidos da América (16%). Fevereiro e março foram os meses que registaram um maior movimento de passageiros, com aumentos, face a igual período do ano anterior, de 103,30% e 61,93%, respetivamente. Por mês, circularam no principal porto do noroeste peninsular 5.964 turistas.

Leixões está numa verdadeira maré alta e as exportações acompanham esse crescimento. Só entre janeiro e abril deste ano já saíram deste porto 1.793.162 toneladas de mercadoria, o que representa um crescimento de 18% face a igual período do ano anterior. Os principais países de destino são os Países Baixos, o Reino Unido e a Espanha. Taras, produtos refinados, ferro, aço, papel e cartão são as principais mercadorias exportadas a partir de Leixões.