Indústria

Lucros da Europac crescem 36% até setembro

Lucros da Europac crescem 36% até setembro

A Europac encerrou os três primeiros trimestres do ano com um resultado líquido de 79,1 milhões de euros, um crescimento de 35,8% face ao período homólogo.

Nos resultados esta quinta-feira (8 de novembro) divulgados, relativamente ao terceiro trimestre do ano, a Europac revela que “num contexto de aumento das vendas agregadas de 7,6% para os 943,6 milhões de euros, os EBITDA consolidado e recorrente aumentaram 27,0% e 50,9%, respetivamente, face ao terceiro trimestre do ano anterior, ao alcançarem 150,2 e 157,0 milhões de euros, respetivamente. O EBIT consolidado no período foi de 113,6 milhões de euros, um crescimento de 45,7% por comparação aos nove primeiros meses de 2017.”

José Miguel Isidro, presidente da Europac, sublinha que “os resultados da empresa entre janeiro e setembro respondem à subida dos preços de venda de papel num contexto de preços baixos da matéria-prima e ao esforço realizado pela Divisão Packaging para repercutir no mercado as subidas de preços da sua matéria-prima. Tanto os projetos de gestão executados nos últimos exercícios como o modelo de negócio integrado que define a Europac, permitem-nos otimizar os resultados num contexto de mercado favorável, como o que se viveu entre janeiro e setembro deste ano”.

Na Divisão Papel, as receitas cresceram 11% face ao terceiro trimestre do ano anterior, um resultado que, de acordo com a empresa, é “consequência da subida dos preços de venda em relação a 2017” e “do aumento do volume de produção de 7% para o papel kraftliner e de 1% para o papel reciclado”.

Na Divisão de Packaging, por sua vez, “as receitas cresceram 2% devido ao incremento dos preços de venda em relação aos primeiros noves meses do exercício anterior.”