Logística

Mercado europeu da logística deverá continuar a crescer

Neinver vende propriedades por 300 milhões de euros à Blackstone

Os mercados europeus da logística e industrial deverão continuar a crescer ao longo de 2017 devido à “elevada procura tanto de inquilinos como de investidores”. Quem o diz é a consultora imobiliária Worx, através do BNP Paribas Real Estate.

Logan Smith, Head of Investments do BNP Paribas Real Estate International Investiment Group, refere que “a Alemanha, França e o Reino Unido foram os mercados com melhores resultados ao longo do ano 2016, sendo que duplicaram os valores comparativamente ao ano anterior.”

“A expectativa é de manter a curva ascendente que tem sido verificada, fortemente impulsionada pela procura tanto de investidores como de inquilinos. É, ainda, de destacar que os fatores que mais influenciam esta evolução se encontram relacionados com o peso do e-commerce, na cadeia de abastecimento e novos modelos de retalho”, refere ainda a consultora.

De acordo com os dados divulgados pela consultora, tem havido um aumento na procura nos negócios que fornecem o setor do retalho, que perfez cerca de 50% do take-up verificado em França e na Alemanha. “No entanto, pela falta de promoção especulativa, houve uma tendência de aumento de transações para ocupação própria que contabilizaram cerca de metade das transações do mercado francês. O Reino Unido foi o maior mercado de investimento logístico e industrial, com volumes que atingiram os 6,8 mil milhões de euros, apesar de um declínio de 9% em 2015, devido à falta de produtos disponíveis”, conclui.