Logística

Neinver vende propriedades por 300 milhões de euros à Blackstone

Neinver vende propriedades por 300 milhões de euros à Blackstone

A Neinver, empresa multinacional espanhola especializada em investimento, desenvolvimento e gestão de propriedades, concluiu a venda de propriedades industriais e logísticas ao fundo imobiliário gerido pela Blackstone por aproximadamente 300 milhões de euros. O acordo abrange 55 propriedades logísticas, incluindo 162.000 m² de terreno para uso industrial, dos quais a Neinver é o gestor e proprietário ou coproprietário.

Este portfólio gerido pela Neinver totaliza mais de meio milhão de metros quadrados. Trinta e sete propriedades pertencem à Colver, joint-venture formada com a Colony Capital Inc. no final de 2014. Nos três anos sob gestão da Neinver, a joint venture quase triplicou seu volume e alcançou taxas de ocupação de mais de 98%, gerando receitas de mais de 11,5 milhões de euros, acima das metas definidas aquando da criação da joint venture.

Juan Carlos Ortega, diretor Industrial e de Logística da Neinver responsável pela transação, diz que a venda destes ativos “é um desinvestimento estratégico para a empresa, culminando num processo de vários anos de trabalho no qual o valor foi criado pelo estabelecimento de um portfólio de propriedades versáteis e de alta qualidade em locais estratégicos nos principais centros logísticos da Península Ibérica, que permitem uma posição única para alavancar o crescimento das áreas mais em expansão do mercado de logística moderna: a ‘última milha’ e a logística urbana”.

O portfólio é distribuído por toda a Espanha, com localizações em 26 províncias, incluindo Madrid, Barcelona, Biscaia, Navarra, Málaga, Sevilha, Valência e Zaragoza.

Esta venda faz parte da estratégia de crescimento da Neinver, baseada na rotação de ativos e no investimento em novas oportunidades de negócios nos setores de retalho, indústria e logística. O acordo também fortalece o posicionamento da empresa como parceira de investimentos e gestora de ativos imobiliários.