Quantcast
Supply Chain

Pandemia de Covid-19 poderá ter gerado um novo tipo de comprador ‘misto’

A DS Smith divulgou durante os últimos dias um estudo em que dá conta do impacto da pandemia de Covid-19 em termos globais naquilo que pode ser entendido como o consumidor padrão.

Forçados a resguardar-se para sua segurança, o consumidor tradicional converteu-se às ferramentas digitais, não querendo agora delas abdicar. “As restrições da Covid-19 causaram uma evolução no comportamento dos consumidores, levando ao surgimento do “comprador misto”. Estes estão a dividir o seu tempo entre lojas físicas, comércio online e serviço click & collect, deixando os retalhistas e as marcas sob uma enorme pressão para acompanhar esta mudança”, anuncia o estudo.

Estas conclusões têm como ponto de partida “um novo estudo, realizado pela DS Smith, que mostra que, durante um mês, os europeus compram, em média, cinco vezes em loja física, três vezes online e utilizam o click & collect duas vezes, encontrando-se este em rápido crescimento”.

“Embora os europeus estejam a mudar os seus hábitos de compra, os especialistas alertam que as suas experiências nem sempre têm corrido bem. Na verdade, menos de um em cada três europeus (28%) afirma que as compras online são o seu método de compra preferido e 53% descreve o click & collect como o “pior dos dois mundos”, o físico e o online”, esclarece ainda o estudo.

Ignacio Montfort, Managing Director da DS Smith Ibéria, afirmou: “Atualmente, os consumidores não estão a escolher apenas uma forma de fazer compras, estão a combinar todas as modalidades existentes, enquanto “compradores mistos”. No entanto, é evidente que os compradores não estão a obter uma experiência boa e consistente em todos os canais, o que representa um risco real para as marcas e para os retalhistas, pois, se não conseguirem manter standards sólidos, os seus clientes podem procurar outras alternativas. As marcas precisam agora de encontrar uma maneira de combinar a sua oferta para que os consumidores fiquem satisfeitos, independentemente da forma como decidem comprar. O packaging é uma das formas de fazê-lo e os nossos especialistas têm trabalhado para criar soluções inteligentes e inovadoras que resolvam alguns dos pontos fracos dos diferentes métodos de compra e que proporcionem uma melhor experiência.”

Confira as principais conclusões:

  • 41% dos compradores não gosta de estar em espaços lotados.
  • Mais de um quinto (32%) das pessoas ficam irritadas com longas filas de espera.
  • Mais de um terço dos inquiridos não estão dispostos a esperar mais do que cinco minutos na fila de espera de uma loja.
  • Mais de metade dos indivíduos (53%) acham que as compras online causam menos stress.