Transportes

Porsche opta por eTGM da MAN para logística amiga do ambiente

Porsche opta por eTGM da MAN para logística amiga do ambiente

A Porsche revelou, recentemente, que optou pelo camião elétrico MAN TGM 18.360 E 4×2 LL para a linha de montagem do novo Porsche elétrico e logística de entrega para a fábrica de Estugarda-Zuffenhausen.

O camião elétrico MAN TGM 18.360 E 4×2 LL, cuja designação revela a sua classificação na classe de peso, de 18 toneladas no trator, foi projetado, incluindo o semirreboque, para ter um peso total de 32 toneladas. O número 360 representa a potência do eTruck de 360 CV. O armazenamento de energia é fornecido por baterias de iões de lítio com uma capacidade de armazenamento de 149 kWh, significando isto que o camião elétrico alcança 130 km.

O veículo comercial movido a eletricidade é usado no percurso de entregas, numa rota de quase 19 Km entre Freiberg, no Neckar, local de operação do parceiro logístico LGI Logistics Group International GmbH, e a fábrica da Porsche em Estugarda-Zuffenhausen. No total, o uso do eTGM evita mais de 30.000 Kg de CO2 por ano.

É também em Freiberg, onde a estação de carregamento foi instalada. É um primeiro modelo da nova infraestrutura de carregamento rápido, que a Porsche Engineering também desenvolveu para a futura rede de carregamento rápido, operada pela empresa conjunta Ionity. Para esta aplicação logística, o poder de carga é projetado para um máximo de 150 kW/h. Isso permite carregar o eTGM para mais 100 Km de autonomia em apenas 45 minutos. A estação de carregamento – como em todas as estações de carregamento da Porsche – será alimentada exclusivamente por eletricidade natural, proveniente de recursos renováveis.

“Com a integração do eTGM na logística de produção, a Porsche avança mais um passo no objetivo ‘Fábrica de Impacto Zero’”, explica Albrecht Reimold, membro do Conselho de Produção e Logística da Porsche AG, no comunicado emitido pela MAN.

O caminho para uma “Fábrica de Impacto Zero” implica numerosos critérios e medidas. A Porsche, por exemplo, tem usado exclusivamente energia de fontes renováveis em todos os locais de produção. A logística ferroviária dos locais de produção é igualmente operada com eletricidade natural, sem exceção. Além disso, a Porsche está cada vez mais a integrar veículos elétricos na sua logística – veículos comerciais, camiões e empilhadores.

“Com o MAN eTGM, os veículos comerciais elétricos deram um grande passo em direção à maturidade da série e agora podem desempenhar com confiança as operações do dia-a-dia.”, explica Dr. Manuel Marx, Chefe de Desenvolvimento de Veículos da MAN, no mesmo comunicado.

Além da redução de ruído e neutralidade de emissões CO2, os pontos fortes dos veículos elétricos incluem também menor desgaste e manutenção – graças à recuperação do acionamento elétrico, ou seja, recuperação de energia durante a travagem, o que significa que o veículo abranda sem o uso de travões mecânicos e, consequentemente, sem desgaste.

O veículo comercial movido a eletricidade é usado no percurso de entregas, numa rota de quase 19 Km entre Freiberg, no Neckar, local de operação do parceiro logístico LGI Logistics Group International GmbH, e a fábrica da Porsche em Estugarda-Zuffenhausen. No total, o uso do eTGM evita mais de 30.000 Kg de CO2 por ano.

É também em Freiberg, onde a estação de carregamento foi instalada. É um primeiro modelo da nova infraestrutura de carregamento rápido, que a Porsche Engineering também desenvolveu para a futura rede de carregamento rápido, operada pela empresa conjunta Ionity. Para esta aplicação logística, o poder de carga é projetado para um máximo de 150 kW/h. Isso permite carregar o eTGM para mais 100 Km de autonomia em apenas 45 minutos. A estação de carregamento – como em todas as estações de carregamento da Porsche – será alimentada exclusivamente por eletricidade natural, proveniente de recursos renováveis.