Portos

Porto de Setúbal: estivadores aprovam novo contrato coletivo de trabalho

Janela Única Logística entra em atividade no Porto de Setúbal em março

Os estivadores do Porto de Setúbal aprovaram esta quinta-feira (23 de maio) o acordo do novo contrato coletivo de trabalho negociado entre o Sindicato dos Estivadores e Actividade Logística (SEAL) e as entidades patronais.

António Mariano, presidente do sindicato, revela em declarações à Lusa que se trata de um acordo “vantajoso para os trabalhadores”, desde que “as entidades patronais cumpram o que foi acordado”.

O acordo agora aprovado prevê a integração nos quadros dos operadores portuários de 56 trabalhadores e garante o direito a um turno diário aos cerca de 80 trabalhadores eventuais que não foram integrados nos quadros de pessoal nos diferentes operadores portuários de Setúbal.

Na origem do conflito entre os estivadores do Porto de Setúbal e as entidades patronais esteve a situação de precariedade de cerca de 90% dos estivadores do Porto de Setúbal, contratados ao turno e sem regalias sociais durante mais de duas décadas.